Primeira Leitura (Dt 26,16-19)


Leitura do Livro do Deuteronômio.

Moisés dirigiu a palavra ao povo de Israel e lhe disse: 16“Hoje, o Senhor teu Deus te manda cumprir esses preceitos e decretos. Guarda-os e observa-os com todo o teu coração e com toda a tua alma.

17Tu escolheste hoje o Senhor para ser o teu Deus, para seguires os seus caminhos, e guardares seus preceitos, mandamentos e decretos, e para obedeceres à sua voz. 18E o Senhor te escolheu, hoje, para que sejas para ele um povo particular, como te prometeu, a fim de observares todos os seus mandamentos. 19Assim ele te fará ilustre entre todas as nações que criou, e te tornará superior em honra e glória, a fim de que sejas o povo santo do Senhor teu Deus, como ele disse”.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Responsório (Sl 118,1-8)


— Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

— Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

— Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo! Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo o coração procura a Deus!

— Os vossos mandamentos vós nos destes, para serem fielmente observados. Oxalá seja bem firme a minha vida em cumprir vossa vontade e vossa lei!

— Quero louvar-vos com sincero coração, pois aprendi as vossas justas decisões. Quero guardar vossa vontade e vossa lei; Senhor, não me deixeis desamparado!



Evangelho (Mt 5,43-48)


— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!

45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos. 46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa?

47E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.


— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Homilia: O amor está acima de todas as coisas

O preceito divino é amar a Deus sobre todas as coisas, pois assim amaremos uns aos outros

Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!” (Mateus 5,44).

A lógica do mundo em que vivemos não é o amor, a lógica do mundo em que estamos é a vingança. Ainda que queiramos viver o bem com o outro, é ensinado a nós que devemos viver o bem com quem nos faz o bem, devemos dar o bem para quem nos praticou também o bem, mas essa não é a lógica do Evangelho, essa não é a lógica do coração de Jesus.

O Mestre nos ensina a amar quem nós não queremos bem ou, melhor ainda, quem não nos quis bem, quem não nos fez o bem, quem, de alguma forma, nos prejudicou ou desejou o mal. Rezemos por eles, ofereçamos a eles o melhor do nosso coração.

O melhor do coração de um discípulo de Jesus é o amor de Deus vivo e presente no seu coração. O preceito divino é amar acima de todas as coisas, amar sobre todas as coisas a Deus, pois assim amaremos uns aos outros.

Quando Jesus diz: “Sede perfeitos como o vosso Pai é perfeito”, é porque a perfeição de Deus está no amor. Nunca seremos como Deus, mas podemos espelhar Deus em nossa vida, podemos espelhar a vida d’Ele em nós.

O jeito de nos aperfeiçoarmos na vida divina é vivendo o amor sem medida, um amor que não seja seletivo, mas que saiba perdoar, reconsiderar, rever  e, acima de tudo, o amor que não se vinga do outro, que não deseja o mal ao outro nem torce pelo tropeço do outro. Não é amor do mundo, é amor do coração do Senhor.

Deus abençoe você!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
fb.com/rogeraraujo.cn

Santo do Dia:

Santa Eusébia

Pertenceu a uma família de muitos santos. Com oito anos seu pai, Santo Adalberto, faleceu. Sua mãe, chamada a uma vida de entrega total a Deus, montou um convento e quis a sua filha junto. Sua avó Gertrudes também a chamou para a vida religiosa em Hamage (França), e ela aceitou.

A mãe, Santa Riertrudes, soube que Eusébia seria a Abadessa após a morte de sua avó. Então fez de tudo para ela ser bem formada antes, pois tinha apenas 12 anos. E foi para junto de sua mãe, mas às vezes escapava para a comunidade de Hamage (França), onde percebia ser o seu lugar.

Riertrudes repensou, e após se aconselhar com bispos e abades liberou sua filha para voltar e ser Abadessa, talvez a mais jovem da França.

Eusébia pressentiu que não duraria muito por aqui. Com apenas 23 anos reuniu suas filhas espirituais, e deu-lhes vários conselhos. Depois, esperou a morte de maneira calma e confiante. Isso no ano de 680.

Santa Eusébia, rogai por nós!