Primeira Leitura (At 16,1-10)


Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 1Paulo foi para Derbe e Listra. Havia em Listra um discípulo chamado Timóteo, filho de uma judia, crente, e de pai grego. 2Os irmãos de Listra e Icônio davam bom testemunho de Timóteo. 3Paulo quis então que Timóteo partisse com ele. Tomou-o consigo e circuncidou-o, por causa dos judeus que se encontravam nessas regiões, pois todos sabiam que o pai de Timóteo era grego.

4Percorrendo as cidades, Paulo e Timóteo transmitiam as decisões que os apóstolos e anciãos de Jerusalém haviam tomado. E recomendavam que fossem observadas. 5As Igrejas fortaleciam-se na fé e, de dia para dia, cresciam em número. 6Paulo e Timóteo atravessaram a Frígia e a região da Galácia, pois o Espírito Santo os proibira de pregar a Palavra de Deus na Ásia.

7Chegando perto da Mísia, eles tentaram entrar na Bitínia, mas o Espírito de Jesus os impediu. 8Então atravessaram a Mísia e desceram para Trôade. 9Durante a noite, Paulo teve uma visão: na sua frente, estava de pé um macedônio que lhe suplicava: “Vem à Macedônia e ajuda-nos!” 10Depois dessa visão, procuramos partir imediatamente para a Macedônia, pois estávamos convencidos de que Deus acabava de nos chamar para pregar-lhes o Evangelho.


— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Responsório (Sl 99)


— Aclamai o Senhor, ó terra inteira.

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira.

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria, ide a ele cantando jubilosos!

— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, Ele mesmo nos fez, e somos seus, nós somos seu povo e seu rebanho.

— Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, sua bondade perdura para sempre, seu amor é fiel eternamente!


Evangelho (Jo 15,18-21)


— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 18“Se o mundo vos odeia, sabei que primeiro me odiou a mim. 19Se fôsseis do mundo, o mundo gostaria daquilo que lhe pertence. Mas, porque não sois do mundo, porque eu vos escolhi e apartei do mundo, o mundo por isso vos odeia.

20Lembrai-vos daquilo que eu vos disse: ‘O servo não é maior que seu senhor’. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós. Se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. 21Tudo isto eles farão contra vós por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou”.


— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Homilia: Precisamos testemunhar o amor de Deus que está entre nós

“Se o mundo vos odeia, sabei que primeiro me odiou a mim. Se fôsseis do mundo, o mundo gostaria daquilo que lhe pertence. Mas, porque não sois do mundo, porque eu vos escolhi e apartei do mundo, o mundo por isso vos odeia” (João 15,18-19).

Quando escutamos a expressão “odiar”, parece forte e até doí no coração, pois como podemos odiar alguma coisa? Odiar é de repelir, é não aceitar, não querer. O que não podemos é odiar outras pessoas, pois quando odiamos alguém estamos repelindo aquela pessoa, estamos eliminando aquela pessoa da nossa vida.

O fato é que o mundo com a doutrina que tem, com os valores que cultiva, odeia aquilo que não é dele; e é verdade que o que temos, o que Deus nos deu não é do mundo, é o sagrado, é o divino, é aquilo que purifica o que é profano, é aquilo que santifica o que o pecado estragou, é aquilo que traz redenção e salvação para o mundo onde nos encontramos.

O mundo é confuso e se encontra perdido, imerso em meio a tantas coisas que são, de fato, antievangélicas, por isso não nos preocupemos se o mundo não nos aceita, porque o que o mundo não aceita é Cristo, a Sua mensagem e o Seu Evangelho.

O mundo odiou tanto Cristo, que O crucificou, pregou e matou na cruz; o mesmo mundo odeia também aqueles que querem viver em Jesus. Não precisa espernear nem impor nada, apenas viva, testemunhe, ensine os seus a viver. Pode ser que não seremos aceitos por muitos, mas nos deixemos guiar pelo Espírito para permanecermos em Deus, vivendo a vida n’Ele.

O importante é justamente isso, o Senhor que nos escolheu, apartou-nos do mundo, mas não nos tirou dele. Ele nos tira do mundo para estarmos na Sua presença, mas voltamos e estamos no mundo para testemunharmos o amor que esse Deus tem por nós.

Precisamos testemunhar o amor de Deus que está em nós, para que atraia muitos como atraiu durante toda a história

Um cristão que testemunha vai testemunhar pelo menos duas coisas, ele vai atrair aqueles que estão carentes do amor, cansados e machucados pelo mundo. Então, primeiro o testemunho provoca atração. Quando testemunhamos, muitos querem viver o que estamos vivendo, porque o Evangelho tem força de atração, tem o poder de puxar para Deus quem testemunha a vida n’Ele.

O Evangelho também causa repulsão, porque aqueles que estão vivendo uma vida mundana, às vezes, até dentro da igreja, no meio de nós, vão ter repulsa por aquilo que estão vivendo.

Não precisamos julgar nem condenar ninguém, por si próprias as obras se manifestam. Precisamos testemunhar o amor de Deus que está em nós, para que atraia muitos como atraiu durante toda a história.

Não tenhamos medo, porque teremos também repulsa daqueles que querem viver uma vida mundana e não se abrem para o Evangelho.

Deus abençoe você!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
fb.com/padrerogeramigo