Há quanto tempo não me confesso? Escondi, conscientemente, algum pecado grave em alguma confissão precedente? Confessei, o melhor que me lembro, o número de vezes que cometi cada pecado grave? Confessei com clareza os meus pecados ou fui demasiado genérico? Cumpri a penitência que me foi imposta pelo sacerdote? Reparei as injustiças que cometi? Comunguei alguma vez em pecado mortal? Respeitei sempre o jejum eucarístico de uma hora antes da comunhão? Estou verdadeiramente arrependido dos meus pecados e luto para não os voltar a cometer?

1º Mandamento: Adorar a Deus e amá-Lo sobre todas as coisas.

Procuro aumentar a minha fé e o meu amor a Deus Nosso Senhor? Rezo todos os dias ao levantar e ao deitar? Deixei de confessar pecados graves na confissão por vergonha? Comunguei sabendo que estava em pecado mortal? Respeitei o tempo do jejum (não tomar alimentos durante uma hora) antes de Comungar? Pratiquei a superstição, magia ou espiritismo?

2ª Mandamento: Não invocar o Santo Nome de Deus em vão.

Falei sem respeito do nome de Deus, de Nossa Senhora, dos Santos, da Igreja, dos sacerdotes e das coisas sagradas? Jurei sem necessidade e tenho esse mau costume? Fiz juramentos falsos? Fiz alguma promessa a Deus Nosso Senhor ou aos Santos, que ainda não cumpri?

3º Mandamento: Santificar os Domingos e Festas de Guarda.

Faltei à Missa ao Domingo ou Festa de Guarda por culpa minha? Creio em tudo o que ensina a Santa Igreja Católica? Confessei-me e Comunguei ao menos uma vez ao ano?

4º Mandamento: Honrar pai e mãe e os outros legítimos superiores.

Obedeci de boa vontade aos meus pais e às pessoas mais velhas?| Disse mal deles ou tratei-os sem respeito? Entristeci-os com alguma coisa má que fiz? Procuro deixar arrumadas as minhas coisas? Estudo a sério em casa e na escola, reparando no esforço que os meus pais fazem por mim? Deixo-me levar pelo mau génio ou aborreço-me muitas vezes sem grandes motivos? Zanguei-me com os meus irmãos? Rezei pelos meus pais, irmãos familiares e companheiros?

5º Mandamento: Não matar nem causar outro dano no corpo ou na alma a si mesmo ou ao próximo.

Procurei não fazer troça dos outros, não brigar ou não fazer sofrer ninguém? Zanguei-me quando perdi algum jogo ou soube aceitar com alegria e derrota? Perdoei as ofensas que me fizeram? Atendi com delicadeza soa meus irmãos , os meus companheiros, os meus amigos, as pessoas que me servem? Tenho inveja dos outros? Venci o mau génio e o orgulho? Embriaguei-me ou tomei drogas? Preocupei-me pelo bem do próximo, avisando-o de algum grave perigo material ou espiritual, em que se encontrava ou corrigindo-o como exige a Caridade cristã? Dei do meu dinheiro alguma esmola para os pobres?

6º e 9º Mandamentos: Guardar castidade nas palavras e nas obras. Guardar castidade nos pensamentos e nos desejos.

Procurei afastar imediatamente todos os pensamentos desonestos? Consenti neles? Fiz acções desonestas, sozinho ou acompanhado? Tive conversas desonestas? Comecei-as eu? Assisti a diversões que me colocaram em ocasião de pecar: filmes indecentes, certas festas, leituras, revistas ou companhias...? Sou cuidadoso ao escolher os programas da TVI?

7º e 10º Mandamento: Não furtar nem injustamente reter ou danificar os bens do próximo. Não cobiçar as coisas alheias.

Respeitei as coisas dos outros, não tirando nem querendo tirar, dinheiro ou qualquer outra coisa a ninguém? Devolvi as coisas que me emprestaram ou encontrei? Estraguei por querer as minhas coisas ou a dos outros? Gastei mal o dinheiro que me deram? Joguei lealmente sem fazer batota?

8º Mandamento: Não levantar falsos testemunhos nem de qualquer outro modo faltar à verdade ou difamar o próximo.

Disse mentiras? Minto habitualmente com a desculpa de que se tratar de mentiras que não prejudicam ninguém? Fiz juízos falsos ou temerários? Copiei nos exames? Utilizei cábulas? Revelei, sem motivo justo, defeitos graves alheios que, embora sejam reais, não são conhecidos pelos outros? Caluniei, atribuindo ao próximo defeitos que não eram verdadeiros? Já reparei os males que causei com a difamação? Disse mal dos outros baseando-me apenas nas coisas que oiço por aí? Colaborei, nas minhas conversas, na calúnia, na difamação ou na murmuração? Semeei discórdias, inimizades ou falsas suspeitas com as minhas palavras? Exagerei os defeitos do próximo? Gosto de ouvir falar mal dos outros? Caio com facilidade na crítica?