Apresentação

Conta-se que a história de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro teve início com um homem que ganhava a vida como comerciante e roubou a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro no século XV. Quis vendê-la em Roma, mas durante a travessia do mar Mediterrâneo, uma violenta tempestade quase fez o navio naufragar.

Em Roma, adoeceu. Depois, arrependido, contou a um amigo sua história e pediu para que devolvesse o ícone a uma Igreja para que pudesse ser venerado pelos fiéis.

A esposa desse amigo não quis devolvê-la. Porém, depois de ficar viúva, uma aparição de Nossa Senhora para sua filha de seis anos mudou os rumos da história. Ela apareceu dizendo para que o quadro fosse colocado na Igreja de São Mateus, situada entre as basílicas de Santa Maria Maior e São João de Latrão, sob o título de Perpétuo Socorro.

No dia 27 de março de 1499, o ícone foi entronizado na Igreja de São Mateus, ficando lá por mais de 300 anos. No século XVIII, quando a igreja foi destruída pela invasão dos franceses, os Agostinianos que guardavam a obra, levaram-na para um lugar oculto onde ficou esquecida por 30 anos. Porém, um monge agostiniano que tinha muita devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, antes de morrer, contou a história da imagem e da devoção a um coroinha, que tempos depois se tornou padre Redentorista.

Depois de um período, os Redentoristas compraram uma área para construir a Casa Mãe da Congregação e o jovem padre ajudou a reencontrar o ícone. Com isso, no início de 1866, o Papa Pio IX entregou a imagem aos Redentoristas, recomendando: “Fazei com que todo o mundo conheça esta devoção”. Hoje podemos encontrá-la em Roma na Igreja Santo Afonso e Ligório. Foram feitas, então, muitas cópias do ícone e assim foi difundida por todas as partes do mundo a devoção à Imaculada sob o título de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Reflexão:

No ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro nota-se olhar significante de Maria, isto é, o seu olhar está direcionado a quem olha o quadro e, ao mesmo tempo, a sua cabeça indica seu Filho Jesus. Deve-se observar a sandália do Menino que está desatada e mostra seu pé. Conforme a tradição oriental, mostrar a planta do pé é dizer que se é homem. Assim, esta cena indica que Jesus mostra a planta do seu pé para dizer que ele é verdadeiramente homem.

Outro ponto importante a se observar, se refere às cores das vestes e seus significados. No quadro Maria se veste com túnica vermelha e manto azul. E o Menino se veste de túnica verde com faixa vermelha e manto ocre. Na simbologia oriental, o verde e o vermelho significam divindade. O azul e o ocre significam humanidade.

(fonte: miliciadaimaculada.org.br/espiritualidade/nossa-senhora/novena-nossa-senhora-do-perpetuo-socorro)

PREPARAÇÃO

A exemplo de Jesus, também nós recorremos a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro diante das angústias de nosso coração
– Recolher-se em oração em casa ou em uma igreja;
– Fazer o pedido da graça que tanto deseja alcançar;
– Rezar a oração de cada dia;
– Praticar a boa obra de cada dia. Pode-se trocar por outra mais conveniente.

 Primeiro Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Bondosa Mãe do Perpétuo Socorro, que experimentastes as angústias da vida, acolhei o meu pedido. Sois a mãe e tendes o desejo de socorrer a todos, aqui está alguém que é pecador, mas que recorre a vós. Bondosa mãe, socorrei-me sem demora.

Gesto concreto: fazer uma oferta a uma obra de caridade.

Meditando com o Evangelho: “Eis aí a sua mãe” (cf. Jo 19, 27)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Segundo Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Mãe do Perpétuo Socorro, ajudai-me a ser sempre de Deus. Tudo passa como vento, Deus permanece. Eu quero ser de Deus e por isso vos suplico: socorrei-me nesta vida, ajudai-me a não perder Deus nos sofrimentos e necessidades. Bondosa mãe, aumentai minha fé, confiança, e socorrei-me com vosso amor.

Gesto concreto: realizar em casa, um trabalho com amor.

Meditando com o Evangelho: “Meu espírito se alegra em Deus” (cf. Lc 1, 47)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Terceiro Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Bondosa Mãe, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, compreendestes e sempre fizestes o que Deus queria, afastai de mim a dureza de coração, o orgulho, o egoísmo de só pensar em mim. Ajudai-me, bondosa mãe, a seguir a vontade de Deus e concedei-me a graça que vos peço.

Gesto concreto: antes de dormir, agradecer a Deus por tudo que aconteceu no dia.

Meditando com o Evangelho: “Seja feita a vossa vontade” (cf. Mt 6, 10)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Quarto Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Mãe de Jesus e minha mãe, dai-me um coração para ajudar o próximo, misericordioso para perdoar sempre, humilde e manso para carregar e suportar suas fraquezas. Jesus disse que sempre faço a ele, aquilo a que faço aos outros, por isso, ajudai-me a melhor amar Deus e a meus irmãos. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, socorrei-me na graça que vos peço.

Gesto concreto: oferecer uma doação para uma pessoa necessitada.

Meditando com o Evangelho: “todas as vezes que fizestes isso a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes” (cf. Mt 25, 40)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Quinto Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Bondosa Mãe, como vós vivestes com Jesus e José, em casa? Concedei-me amar meus irmãos e aceitar a cada um no seu jeito de ser. Dai-nos a paz, compreensão, bondade, alegria para que o espírito de jesus permaneça conosco. Bondosa Mãe, pedi a ele por todos nós.

Gesto concreto: visitar alguém, se possível, um doente.

Meditando com o Evangelho: “Estarei no meio de vós” (cf. Mt 18, 20)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Sexto Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Pode a Mãe de Jesus esquecer o filho? Eu sei, ó Maria, que não nos esqueceis, mas tenho medo de eu me esquecer de vós. Peço-vos nunca perder Deus, nem a Fé, e sempre em vós. Ó Maria, feliz de quem vos conhece e a vós recorre, como o filho à sua mãe.

Gesto concreto: rezar por alguém em uma igreja.

Meditando com o Evangelho: “Vinde a mim, eu vos aliviarei” (cf. Mt 11, 28)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Sétimo Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Maria, sempre fizestes tudo o que Deus vos pediu. Para que eu também seja assim, ajudai-me a ouvir a Palavra de Deus, meditar, viver o que Jesus ensinou. Atendei meu pedido nesta novena, e não deixeis que eu fique acomodado à vida.

Gesto concreto: fazer a leitura do evangelho de Lucas 1,39-56 e refletir.

Meditando com o Evangelho: “Faça-se segundo tua Palavra” (cf. Lc 1, 38)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Oitavo Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Minha Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, quantas vezes me torno orgulhoso, vaidoso, confiante nas coisas que passam. Tudo isso pode ocupar o lugar de Deus em meu coração. Maria, livrai-me desta tentação de trocar Deus pelas coisas da terra e descuidar da casa de Deus em mim. Bondosa Mãe, socorrei-me com a graça de Jesus.

Gesto concreto: fazer a leitura do evangelho de Lucas 1,39-56 e refletir.

Meditando com o Evangelho: “Olhou para a humildade de sua serva” (cf. Lc 1, 48)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Nono Dia

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro:
(Papa João Paulo II)

Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos nós refúgio e esperança. Amém!

Quantas vezes, ó Maria, meu coração fica triste, atribulado, cheio de dúvidas, e angustiado. Isso acontece porque não me recolho no silêncio da oração, e nem procuro ver o que Deus quer de mim. Não sei escutar Deus. Maria, peço-vos a graça de acreditar que Deus me ama sempre, mesmo na dor.

Gesto concreto: escolher passar o dia alegre, não se deixar aborrecer.

Meditando com o Evangelho: “Maria, porém, guardava todas as coisas, meditando-as no seu coração” (cf. Lc 2, 19)

Oração final à Rainha da Paz

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, diante de Vosso Bondoso olhar, me coloco humildemente, recorrendo como filho à Vossa Maternal bondade. Vós sois meu refúgio, esperança e proteção. Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho de possuir o Amor Eterno, a graça de Deus Pai, a Salvação para minha alma e para vida daqueles por quem suplico.
Dai-me sempre a graça de seguir Jesus, nas virtudes e na santidade de vida. Recebei, Ó Rainha Santíssima, minhas preces e necessidades, elevando o meu coração ao Vosso Filho, meu Senhor e Redentor. (Fazer o pedido da graça que deseja alcançar)
Consagro a Vós meus olhos para que sejam a lâmpada de minha alma, meus ouvidos para que estejam sempre atentos aos apelos do Evangelho, minha boca para que sempre proclame que sois a luz do meu viver.
Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável, minha alegria e minha dor, minha mente e meu coração, minha vida e minha morte no desejo da eternidade sem fim. Consagro todo meu ser a vós, Ó Mãe do Perpétuo Socorro, carregando a minha cruz e renunciando a todo mal.
Amém!

Rezar o Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias e Glória ao Pai.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro rogai por nós!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!