ALGUMAS DIFERENÇAS ENTRE AS IGREJAS CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA E A ORTODOXA

Seria por demais complexo e longo elencar todas as diferenças entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa (mais comum no Leste Europeu e no Oriente Médio). Porém é muito útil e formativo conhecer alguns traços de distinção entre uma e outra.

01) Para os ortodoxos, o Papa não é o chefe visível da Igreja e nem é infalível em matéria de fé e costumes;

02) Enquanto na Igreja Romana existem os dogmas marianos, como Imaculada Conceição e Virgindade Perpétua, na Igreja Ortodoxa nenhum dogma se refere à Maria Santíssima;

03) Para a Igreja Católica, o Espírito Santo procede do Pai e do Filho. Na Igreja Ortodoxa, o Espírito Santo procede apenas de Deus Pai;

04) Enquanto a Igreja Católica considera 21 Concílios, a Igreja Ortodoxa só aceita os sete primeiros;

05) A Igreja Católica tem em suas igrejas imagens de madeira, de mármore, gesso, etc. A Igreja Ortodoxa só aceita ícones (imagens pintadas);

06) Para a Igreja Católica, o casamento é indissolúvel. A Igreja Ortodoxa, em alguns casos, permite o divórcio;

07) A Igreja Ortodoxa não aceita o Limbo, o Purgatório e nem o Juízo Particular;

08) Os ortodoxos usam pão fermentado para a Consagração durante a Missa. A Igreja Católica usa hóstias em cuja massa não vai fermento;

09) Na Igreja Católica, o ministro ordinário da Crisma é o bispo. Na Igreja Ortodoxa o padre ministra a Crisma junto com o Batismo;

10) Os ortodoxos batizam por imersão;

11) Enquanto para os católicos a Igreja é munida de poder temporal, para os ortodoxos sua Igreja só tem poder espiritual;

12) Mesmo que haja reunião de todos os bispos, suas decisões só terão validade com a confirmação do bispo de Roma, o Papa. Para os ortodoxos, a opinião dos bispos unidos em concílio é o suficiente;

13) Nossa Senhora, para os ortodoxos, foi concebida com pecado original, enquanto para nós, católicos, ela é imaculada desde a sua concepção;

14) A Igreja Ortodoxa não aceita a existência de indulgências, e em qualquer forma.

15) Os ministros do matrimônio, para a Igreja Católica, são os noivos, enquanto para a Igreja Ortodoxa o padre que preside a celebração é o ministro;

16) Em síntese, teologicamente falando, existem também grandes diferenças em questões como os sacramentos, consagração, graça, eclesiologia, vida religiosa, escatologia, Encarnação do Verbo, etc.

Está acompanhando os nossos artigos? Escreva-nos e sugira algum tema católico de seu interesse. Deixe o seu comentário logo abaixo!

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *