Nome: Santo Alfege de Cantuária, Bispo e Mártir (Memória Facultativa)
Local: Greenwich, Inglaterra
Data: 19 de Abril † 1012

Santo Alfege nasceu no ano de 954, em uma nobre familia saxá, Primeiro, tornou-se monge no mosteiro de Deerhurst, próximo a Tewkesbury, na Inglaterra, e depois foi viver como eremita perto de Bath, onde fundou uma comunidade sob a regra de S. Bento, tornando-se seu primeiro abade. Aos 30 anos, foi eleito bispo de Winchester, e 22 anos depois tornou-se o arcebispo de Cantuária.

Em 1011, quando os dinamarqueses aportaram em Kent e tomaram a cidade de Cantuária, passando a todos no fogo e na espada, S. Alfege foi capturado e levado com a expectativa de um enorme preço de resgate. Não queria que se impusessem tamanhas despesas à sua igreja e a seu povo arruinado, e foi mantido em um repugnante cativeiro em Greenwich durante sete meses. Enquanto se encontrava ali confinado, alguns amigos foram incitá-lo a cobrar imposto de seus inquilinos para angariar o valor exigido pelo resgate. "O que poderei esperar em troca", disse em resposta, "se gastar comigo o que se destina aos pobres? Melhor dar aos pobres o que nos pertence do que tomar-lhes o pouco que têm". Como ainda se recusasse a ceder ao resgate, os enfurecidos dinamarqueses caíram sobre ele, espancaram-no com as pranchas das armas e cobriram-no de pedras, até que um deles, batizado um pouco antes pelo santo, pôs fim a tais sofrimentos com o golpe de um machado.

O santo faleceu em um Sábado de Aleluia, a 19 de abril de 1012, com suas últimas palavras sendo uma oração pelos próprios: assassinos. Seu corpo foi enterrado primeiramente na Igreja de São Paulo, em Londres, mas depois foi trasladado a Cantuária pelo Rei Canuto. Uma igreja dedicada a S. Alfege ainda se encontra no local do seu martírio, em Greenwich.

REFLEXÃO

Aqueles em altos postos da sociedade devem se considerar guardiões, e não donos da riqueza ou do poder a eles confiado para beneficio dos pobres e frágeis. S. Alfege preferiu morrer ao invés de arrancar dos pobres inquilinos das terras da Igreja o valor de seu resgate.

BUTLER, Alban. Vida dos Santos: para todos os dias do ano. Dois Irmãos, RS: Minha Biblioteca Católica, 2021. 560 p. Tradução de: Emílio Costaguá. Adaptação: Equipe Pocket Terço.

Para mais terços, novenas e orações de vários santos, baixe o aplicativo Pocket Terço em seu Android ou iPhone.