Nome: São Francisco Xavier (Memória)
Local: Sanchoão, China
Data: 03 de Dezembro † 1552

Nascido em Xavier, em Navarra, Espanha, em 1506, como estudante em Paris, entrou em contato com Inácio de Loiola. Em 1534 fazia os primeiros votos em Montmartre com o primeiro grupo que lançou os fundamentos da nova Ordem.

São Francisco Xavier é conhecido sobretudo como missionário das Índias Orientais e, mais precisamente, das zonas de influência portuguesa. O papel de Francisco Xavier não seria o de um pioneiro, mas o de quem começou a dilatar a evangelização mais para o interior das regiões ocupadas pelos portugueses.

No seu afã de "dilatar a fé e o império", os soberanos portugueses costumavam fazer algum missionário acompanhar suas expedições. Já Vasco da Gama, em sua viagem através do cabo da Boa Esperança, levara missionários trinitários em 1498. Pedro Álvares Cabral viajava com vários franciscanos e padres diocesanos. De passagem pelo recém-descoberto Brasil, Frei Henrique de Coimbra aqui celebrou a primeira missa, continuando depois a viagem para as Índias Orientais. Em 1503, missionários dominicanos também aportavam nas Índias.

O mesmo rei de Portugal, Dom João III, que em 1549 obtivera a primeira leva de missionários jesuítas para o Brasil, conseguira antes do fundador dos jesuítas, Santo Inácio de Loiola, missionários para o Extremo Oriente. Tendo adoecido o missionário destinado a isso, Francisco foi designado para substituí-lo. O navio destinado ao Oriente demorou mais de um ano para chegar de Lisboa a Goa nas Índias, onde aportou em 1541.

Nas Índias aguardava-o um apostolado estafante. Iniciou seu trabalho com a catequização das crianças. Em seguida, evangelizava os adultos, passando de aldeia em aldeia, até estruturar Comunidades eclesiais, deixando outro sacerdote missionário da sua Ordem para continuar a obra de assistência religiosa. Visitou ilhas e, em 1549, conseguiu penetrar no Japão. Em 1552, tentaria também a entrada na China, mas, acometido por forte febre, faleceu no dia 3 de dezembro de 1552, na ilha de San Choan, na costa chinesa, com 46 anos de idade.

Apesar do gigantesco empreendimento missionário, pode dizer-se que somente nas zonas de influência portuguesa houve relativo sucesso. Por ter sido o protótipo do missionário moderno, em 1927, ele foi declarado patrono de todas as missões católicas junto com Santa Teresinha do Menino Jesus.

A Oração coleta realça a obra missionária de São Francisco Xavier, que pôs o Evangelho em contato com as grandes culturas orientais, adaptando-o com douto sentido apostólico à índole das várias populações. Afirma-se que pela pregação de São Francisco Xavier Deus conquistou para si muitos povos do Oriente. Pede, a seguir, que Deus conceda a todos os fiéis o mesmo zelo para que a Santa Igreja possa alegrar-se com o nascimento de novos filhos em toda a terra.

A Oração sobre as oferendas faz memória do zelo apostólico de Francisco Xavier. Que Deus acolha as oferendas na festa de São Francisco Xavier, a quem o desejo de salvar a todos levou a terras longínquas. Pede que também nós, dando testemunho eficaz do Evangelho, corramos, com nossos irmãos, ao vosso encontro. A missão pede sempre o sair de si, a desinstalação para chegar ao próximo e caminhar com ele rumo ao destino.

A Oração depois da Comunhão pede que pela Eucaristia celebrada e recebida se acenda em nós o amor que abrasava São Francisco pela salvação das almas.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

Oração a São Francisco Xavier

Amabilíssimo santo, todo cheio de caridade e zelo; convosco, respeitosamente, adoro a divina majestade e, porque singularmente me comprazo no pensamento dos dons especiais da graça com que fostes enriquecido em vida e na glória de vossa majestade, rendo-lhe por eles as mais fervorosas ações de graças e suplico-vos, com todo o meu coração, que me alcanceis, por vossa poderosa intercessão, a graça tão importante de viver e morrer santamente.
Suplico-vos, também que me alcanceis a graça (pedido) e, se o que peço não é para a glória de Deus e maior bem da minha alma, alcançai-me o que mais conforme for a uma e outra coisa.
Assim seja.

Para mais terços, novenas e orações de vários santos, baixe o aplicativo Pocket Terço em seu Android ou iPhone.