Nome: Nossa Senhora Aparecida (Solenidade)
Data: 12 de Outubro

"Salva das águas". A solenidade do dia 12 de outubro celebra Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Em 1930 ela foi solenemente proclamada Padroeira do Brasil por Pio XI.

Para compreendermos e celebrarmos devidamente esta solenidade parece importante situá-la no contexto da mensagem dos santuários. A devoção deu origem a um santuário, situado na cidade de Aparecida, no Vale do Paraíba, Estado de São Paulo. Cada santuário tem sua mensagem própria, seja por fatos históricos, seja pela topografia. Deus comunica-se com a humanidade também através de lugares especiais de graças, transformando-se, desta forma, em santuários.

O mesmo aconteceu com Aparecida. Lá, numa curva do rio Paraíba, em 1773, é encontrada nas águas por três pescadores uma imagem; primeiro, o corpo e, depois, a cabeça. Ela é recomposta e começa a ser venerada. Aos poucos, aparecem os milagres e as graças alcançadas. Constrói-se uma capelinha, depois uma igreja maior e, finalmente, a grande basílica nacional, dedicada pelo papa João Paulo II em 1980, em sua visita ao Brasil.

Nossa Senhora da Conceição faz parte da devoção do povo brasileiro a Nossa Senhora. Nela, os cristãos contemplam a própria vocação à santidade. A partir do seu santuário, Nossa Senhora da Conceição revela uma mensagem muito rica: Ela é salva das águas; é restaurada; é morena; foi entronizada numa colina como Rainha e Padroeira do Brasil. Dentro da linguagem simbólica, podemos perceber o conteúdo da mensagem. Maria é sinal escatológico de toda a Igreja, de toda a humanidade. Toda a Igreja nasce das águas do batismo por ação do Espírito Santo. Nestas águas ela é purificada e santificada, iniciando sua caminhada para a perfeição da caridade. Maria foi imaculada por privilégio, os cristãos são chamados a serem santos e imaculados pela graça. Assim, através da fé e das águas do batismo, o ser humano é restaurado, readquire sua identidade.

Maria, a Imaculada, manifesta-se em cor morena. Também isso pode ter seu significado. Ela é a mãe de todos, a mãe do povo brasileiro, formado de muitas raças. Todas se confraternizam num mesmo povo. Imitando a Imaculada Conceição e sob a sua proteção, todo o povo brasileiro é enaltecido, tornando-se um povo sacerdotal, real e profético. Ele alcança o alto de sua realização.

As leituras realçam a mensagem da mediação de Maria na figura de Ester (cf. 1ª leitura, Est 5, 1b-2; 7 ,2b-31) e na solicitude de Maria nas bodas de Caná (cf. Evangelho, Jo 2, 1-11). Na 2ª leitura, Maria é apresentada como grandioso sinal que apareceu no céu, ameaçada, mas não tragada pelas águas de um rio. A mulher foi socorrida pela terra (cf. Ap 12, 1-5. 13a. 15-16a).

Salvos das águas pela fé e pelo batismo, os cristãos podem atingir algo daquilo que contemplam em Maria, a Imaculada, se seguirem o seu conselho: Fazei tudo o que ele vos disser.

A Oração coleta traduz bem o mistério celebrado: Ó Deus todo-poderoso, ao rendermos culto à Imaculada Conceição de Maria, Mãe de Deus e Senhora nossa, concedei que o povo brasileiro, fiel à sua vocação e vivendo na paz e na justiça, possa chegar um dia à pátria definitiva.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!

Oração a Nossa Senhora Aparecida

Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida. Mãe de meu Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos pecadores, Refúgio e Consolação dos aflitos e atribulados, ó Virgem Santíssima; cheia de poder e bondade, lançai sobre nós um olhar favorável, para que sejamos socorridos em todas as necessidades.

Lembrai-vos, clementíssima Mãe Aparecida, que não se consta que de todos os que têm a vós recorrido, invocado vosso santíssimo nome e implorado vossa singular proteção, fosse por vós algum abandonado.

Animado com esta confiança a vós recorro: tomo-vos de hoje para sempre por minha Mãe, minha protetora, minha consolação e guia, minha esperança e minha luz na hora da morte.

Assim pois, Senhora, livrai-me de tudo o que possa ofender-vos e a vosso Filho meu Redentor e Senhor Jesus Cristo. Virgem bendita, preservai este vosso indigno servo, esta casa e seus habitantes, da peste, fome, guerra, raios, tempestades e outros perigos e males que nos possam flagelar.

Soberana Senhora, dignai-vos dirigir-nos em todos os negócios espirituais e temporais; livrai-nos da tentação do demônio, para que, trilhando o caminho da virtude, pelos merecimentos da vossa puríssima Virgindade e do preciosíssimo Sangue de vosso Filho, vos possamos ver, amar e gozar na eterna glória, por todos os séculos dos séculos. Amém.

Para mais terços, novenas e orações de vários santos, baixe o aplicativo Pocket Terço em seu Android ou iPhone.