Apoiadores do Pocket Terço
Terço com imagens no Youtube
Reze os Mistérios Gozosos com imagens

Antífona de entrada

Farei surgir um sacerdote fiel, que agirá segundo o meu coração e a minha vontade, diz o Senhor. (1Sm 2, 35)
Sacerdótes tui, Dómine, índuant iustítiam, et sancti tui exsúltent: propter David servum tuum, non avértas fáciem Christi tui. Ps. Meménto Dómine David: et omnis mansuetúdinis eius. (Ps. 131, 9. 10 et 1)
Vernáculo:
Que se vistam de alegria os vossos santos, e os vossos sacerdotes, de justiça! Por causa de Davi, o vosso servo, não afasteis do vosso Ungido a vossa face! Sl. Recordai-vos, ó Senhor, do rei Davi e de quanto vos foi ele dedicado. (Cf. LH: Sl 131, 9. 10 e 1)

Oração do dia

Ó Deus, para a salvação da humanidade, quisestes que São Francisco de Sales se fizesse tudo para todos; concedei que, a seu exemplo, manifestemos sempre a mansidão do vosso amor no serviço a nossos irmãos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (2Sm 5, 1-7. 10)


Leitura do Segundo Livro de Samuel


Naqueles dias, 1todas as tribos de Israel vieram encontrar-se com Davi em Hebron e disseram-lhe: “Aqui estamos. Somos teus ossos e tua carne. 2Tempo atrás, quando Saul era nosso rei, eras tu que dirigias os negócios de Israel. E o Senhor te disse: ʽTu apascentarás o meu povo Israel e serás o seu chefeʼ”.

3Vieram, pois, todos os anciãos de Israel até ao rei em Hebron. O rei Davi fez com eles uma aliança em Hebron, na presença do Senhor, e eles o ungiram rei de Israel. 4Davi tinha trinta anos quando começou a reinar, e reinou quarenta anos: 5sete anos e seis meses sobre Judá, em Hebron, e trinta e três anos em Jerusalém, sobre todo o Israel e Judá. 6Davi marchou então com seus homens para Jerusalém, contra os jebuseus que habitavam aquela terra. Estes disseram a Davi: “Não entrarás aqui, pois serás repelido por cegos e coxos”. Com isso queriam dizer que Davi não conseguiria entrar lá.

7Davi, porém, tomou a fortaleza de Sião, que é a cidade de Davi. 10Davi ia crescendo em poder, e o Senhor, Deus Todo-poderoso, estava com ele.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Salmo Responsorial (Sl 88)


℟. Minha verdade e meu amor estarão sempre com ele.


— Outrora vós falastes em visões a vossos santos: “Coloquei uma coroa na cabeça de um herói e do meio deste povo escolhi o meu Eleito. ℟.

— Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor, e o ungi, para ser rei, com meu óleo consagrado. Estará sempre com ele minha mão onipotente, e meu braço poderoso há de ser a sua força. ℟.

— Minha verdade e meu amor estarão sempre com ele, sua força e seu poder por meu nome crescerão. Eu farei que ele estenda sua mão por sobre os mares, e a sua mão direita estenderei por sobre os rios. ℟.


https://youtu.be/1Bqb6BSJJg0
℟. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
℣. Jesus Cristo Salvador destruiu o mal e a morte; fez brilhar pelo Evangelho a luz e a vida imperecíveis. (Cf. 2Tm 1, 10) ℟.

Evangelho (Mc 3, 22-30)


℣. O Senhor esteja convosco.

℟. Ele está no meio de nós.


℣. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Marcos 

℟. Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo, 22os mestres da Lei, que tinham vindo de Jerusalém, diziam que ele estava possuído por Beelzebul, e que pelo príncipe dos demônios ele expulsava os demônios. 23Então Jesus os chamou e falou-lhes em parábolas: “Como é que Satanás pode expulsar a Satanás? 24Se um reino se divide contra si mesmo, ele não poderá manter-se. 25Se uma família se divide contra si mesma, ela não poderá manter-se. 26Assim, se Satanás se levanta contra si mesmo e se divide, não poderá sobreviver, mas será destruído. 27Ninguém pode entrar na casa de um homem forte para roubar seus bens, sem antes o amarrar. Só depois poderá saquear sua casa. 28Em verdade vos digo: tudo será perdoado aos homens, tanto os pecados, como qualquer blasfêmia que tiverem dito. 29Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, mas será culpado de um pecado eterno”. 30Jesus falou isso, porque diziam: “Ele está possuído por um espírito mau”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Antífona do Ofertório

Iustus ut palma florébit, sicut cedrus, quae in Líbano est, multiplicábitur. (Ps. 91, 13)


Vernáculo:
O justo crescerá como a palmeira, florirá igual ao cedro que há no Líbano. (Cf. LH: Sl 91, 13)

Sobre as Oferendas

Ó Deus, por este sacrifício de salvação, acendei em nós o fogo do Espírito Santo que inflamava, de modo admirável, o coração terníssimo de São Francisco de Sales. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

Eu vim para que tenham a vida e a tenham cada vez mais, diz o Senhor. (Jo 10, 10)
Fidélis servus et prudens, quem constítuit Dóminus super famíliam suam: ut det illis in témpore trítici mensúram. (Lc. 12, 42)
Vernáculo:
Quem é o administrador fiel e prudente, que o senhor encarregará dos servos da casa para lhes dar a alimentação na hora certa? (Cf. Bíblia CNBB: Lc 12, 42)

Depois da Comunhão

Ó Deus todo-poderoso, concedei-nos, por esta Eucaristia, imitar a caridade e mansidão de São Francisco de Sales, para com ele chegarmos à glória do céu. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 24/01/2022
O diabo quer que acreditemos em suas mentiras

Sem a graça do Espírito Santo, Espírito da Verdade, dificilmente escaparemos das mentiras com que o diabo nos seduz, a ponto de nos tornarmos cegos diante da própria verdade.

Jesus, com sinais inconfundíveis, comprova ser o Messias enviado por Deus. Suas obras e palavras são o cumprimento de quanto previram os profetas de Israel; seus milagres testemunham sua origem divina; a doutrina que lhe sai da boca manifesta uma inteligência superior à pobre sabedoria humana. Não obstante, muitos, simples e doutos, o rejeitam com desconfiança e indesculpável soberba. Alguns, porém, não se contentam com dar as costas para a verdade; cedem ainda à tentação de acusá-la de falsidade, associando-a àquele que é pai da mentira: “É por Beelzebu”, gritam os fariseus, “que Ele expulsa os demônios”. Eis aí a loucura a que resvalam os que, custe o que custar, rejeitam a verdade, tantas vezes incômoda, exigente, difícil, dolorosa. Temos aí também a prova mais contundente da existência de Satanás e seus anjos. De fato, o próprio Filho de Deus, acusado de agir por obra do demônio, confirma com sua resposta aos fariseus a existência dessa terrível dimensão espiritual: Ele sabe que o diabo existe, homicida desde o princípio, anjo sedutor que, de mentira em mentira, transtorna nossa ideias, assassina nossa alma, deixa-nos cego à verdade. A fim de proteger-nos dos ataques deste inimigo infernal, invoquemos hoje o Espírito Paráclito, em quem temos a graça de enxergar a verdade, aceitá-la e suportá-la, por mais que ela nos fira o egoísmo e desmonte as mentiras com que temos sido enganados.

Deus abençoe você!

Seja um apoiador!
Ajude-nos a manter o Pocket Terço: pocketterco.com.br/ajude

Homilia | “A medida do amor é amar sem medidas” (Memória de São Francisco de Sales, Bispo e Doutor)

Deus concede à sua Igreja os santos de que em cada geração ela tem necessidade. São Francisco de Sales, Bispo e Doutor cuja memória hoje celebramos, foi um presente que o Senhor entregou ao seu povo para reavivar uma verdade que, em meio aos rigorismos e heresias do século XVII, se estava apagando das almas: a medida do amor é amar sem medidas. Assista à homilia desta segunda-feira dia 24 de janeiro, e descubra a riqueza espiritual deste grande Doutor, apóstolo da santidade no meio do mundo!


https://youtu.be/wBjsTtlvCxU

Santo do dia 24/01/2022


São Francisco de Sales (Memória)
Local: Lyon, França
Data: 24 de Janeiro † 1622


Com São Carlos Borromeu, São Francisco de Sales foi um grande promotor da renovação da Igreja proposta pelo Concílio de Trento.

Nasceu na Saboia em 1567 e morreu em Lião, no dia 28 de dezembro de 1622. Com ótima formação, ainda jovem, foi eleito bispo de Genebra, centro da presença e atuação dos calvinistas, protestantes reformados.

Com sua sabedoria pastoral e doçura soube atrair para a Igreja muitos calvinistas. Além do ministério pastoral fecundo, Francisco de Sales dedicou-se também à animação da espiritualidade, não só dos religiosos e das religiosas, mas de todos os fiéis cristãos leigos em qualquer estado de vida e toda e qualquer profissão. Escreveu dois livros de espiritualidade que se tornaram célebres. Entre eles ainda hoje são reeditados a Introdução à Vida devota (Filoteia) (Leia on-line em nosso site. Clique aqui!), mostrando que a vida devota ou a espiritualidade é para todos sem qualquer distinção, e o Tratado do Amor de Deus, em que insiste na necessidade de se fundamentar a vida cristã sobre o amor de Deus e do próximo.

Em tempos de fraca vivência litúrgica, São Francisco de Sales é certamente tributário da "devotio moderna", uma espiritualidade bastante individual e um tanto intimista. Mas teve o mérito de levar a espiritualidade cristã a todas as classes sociais e a todos os estados de vida. Todos são chamados à santidade. Com Santa Joana Frémiot de Chantal, fundou a Congregação da Visitação. Os dois formavam um desses pares espirituais de fecundidade para o Reino, repetidos muitas vezes na história da Igreja. O masculino e o feminino irmanados na mesma fé e nos mesmos ideais de santidade.

São Francisco de Sales distinguiu-se por sua mansidão. Ficou célebre sua afirmação pastoral: "Mais abelhas se apanham com uma gota de mel do que com um barril de vinagre". Os textos das orações realçam justamente estes aspectos: sua pregação, fazendo-se tudo para todos, a mansidão do amor no serviço aos irmãos, a força do testemunho de vida. Enfim, o que distinguia São Francisco de Sales foi a mansidão e a caridade. Eis a Oração coleta: Ó Deus, para a salvação da humanidade, quisestes que São Francisco de Sales se fizesse tudo para todos; concedei que, a seu exemplo, manifestemos sempre a mansidão do vosso amor no serviço a nossos irmãos.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

São Francisco de Sales, rogai por nós!