Nome: Santo Tomás de Aquino (Memória)
Local: Fossanova, Itália
Data: 28 de Janeiro † 1274

Tomás nasceu por volta do ano 1225, da família dos Condes de Aquino, entre Roma e Nápoles, e morreu a 7 de março de 1274 a caminho do Concílio Ecumênico de Lião.

Formou-se no mosteiro de Montecassino e nas grandes escolas do tempo como Colônia, na Alemanha, onde teve como Mestre Santo Alberto Magno. Tornou-se Mestre nos centros de estudos de Paris, Orvieto, Roma, Viterbo e Nápoles. Em muitas obras básicas, especialmente na célebre Summa Theologiae, ele fez a sistematização genial da doutrina filosófica e teológica haurida da tradição. Santo Tomás comentou muito Aristóteles, cuja doutrina ele foi, num certo sentido, o primeiro a utilizar, visando construir um sistema completo de filosofia cristã.

Declarado doutor da Igreja em 1567 por Pio V, foi proclamado padroeiro das universidades, academias e colégios católicos em 1880. Recebeu ainda o título de Doutor Angélico. São de sua autoria os formulários da Liturgia da Festa do Corpo de Deus.

Exemplo de pureza de vida, de desapego das grandezas mundanas, de firmeza na vocação religiosa, de amor entranhado à vida de oração e contemplação, Santo Tomás de Aquino deixou seu nome indelevelmente gravado no campo do pensamento católico, sobretudo na filosofia e na teologia.

A Oração coleta de sua festa apresenta Santo Tomás como modelo admirável pela procura da santidade e amor à ciência sagrada. Pede-se, então, que Deus nos faça compreender seus ensinamentos e seguir seus exemplos.

A festa de Santo Tomás de Aquino leva toda a Igreja a viver a dimensão do "homo sapiens", o ser humano sábio, que se dedica ao estudo, que busca a sabedoria. Também o estudo, a dedicação às ciências, constitui um caminho de encontro com Deus. Conhecer mais para amar mais intensamente a Deus e ao próximo. O estudo é também caminho de santidade. Importa buscar a sabedoria com unção e devoção.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

Santo Tomás de Aquino, rogai por nós!

Oração de São Tomás D'Aquino

Deus de amor e bondade, dai-me, pela intercessão de Santo Tomás, inteligência e a facilidade do estudo, a profundidade na interpretação e uma graça abundante de expressão. Fortificai meu estudo, dirigi o seu curso, aperfeiçoai o seu fim, Vós que sois verdadeiro Deus e verdadeiro homem, e que viveis nos séculos dos séculos. Amém.

Para mais terços, novenas e orações de vários santos, baixe o aplicativo Pocket Terço em seu Android ou iPhone.