Apoiadores do Pocket Terço
Terço com imagens no Youtube
Reze os Mistérios Dolorosos com imagens

Memória Facultativa

São Venceslau, Mt. ou São Lourenço Ruiz e Comps. Mts.

Antífona de entrada

Senhor, tudo o que fizestes conosco, com razão o fizestes, pois pecamos contra vós e não obedecemos aos vossos mandamentos. Mas honrai o vosso nome, tratando-nos segundo vossa misericórdia. (Dn 3, 31. 29. 30. 43. 42)

Oração do dia

Ó Deus, que mostrais vosso poder sobretudo no perdão e na misericórdia, derramai sempre em nós a vossa graça, para que, caminhando ao encontro das vossas promessas, alcancemos os bens que nos reservais. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (Zc 8, 20-23)


Leitura da Profecia de Zacarias


20Isto diz o Senhor dos exércitos: “Virão ainda povos e habitantes de cidades grandes,21dizendo os habitantes de uma para os de outra cidade: ‘Vamos orar na presença do Senhor, vamos visitar o Senhor dos exércitos; eu irei também’. 22Virão muitos povos e nações fortes visitar o Senhor dos exércitos e orar na presença do Senhor”. 23Isto diz o Senhor dos exércitos: “Naqueles dias, dez homens de todas as línguas faladas entre as nações vão segurar pelas bordas da roupa um homem de Judá, dizendo: ‘Nós iremos convosco; porque ouvimos dizer que Deus está convosco’”.

Salmo Responsorial (Sl 86)


R. Nós temos ouvido que Deus está convosco.


— O Senhor ama a cidade que fundou no Monte santo; ama as portas de Sião mais que as casas de Jacó. Dizem coisas gloriosas da Cidade do Senhor. R.

— Lembro o Egito e Babilônia entre os meus veneradores. Na Filisteia ou em Tiro ou no país da Etiópia, este ou aquele ali nasceu. De Sião, porém, se diz: “Nasceu nela todo homem; Deus é sua segurança”. R.

— Deus anota no seu livro, onde inscreve os povos todos: “Foi ali que estes nasceram”. E por isso todos juntos a cantar se alegrarão; e, dançando, exclamarão: “Estão em ti as nossas fontes!” R.


R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
V. Veio o Filho do Homem, a fim de servir e dar sua vida em resgate por muitos. (Mc 10, 45) R.

Evangelho (Lc 9, 51-56)


V. O Senhor esteja convosco.

R. Ele está no meio de nós.


V. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Lucas 

R. Glória a vós, Senhor.


V. 51Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém 52e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho e entraram num povoado de samaritanos, para preparar hospedagem para Jesus. 53Mas os samaritanos não o receberam, pois Jesus dava a impressão de que ia a Jerusalém. 54Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: “Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para destruí-los?” 55Jesus, porém, voltou-se e repreendeu-os. 56E partiram para outro povoado.

Sobre as Oferendas

Ó Deus de misericórdia, que esta oferenda vos seja agradável e possa abrir para nós a fonte de toda bênção. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

Lembrai-vos da promessa ao vosso servo, pela qual me cumulastes de esperança! O que me anima na aflição é uma certeza: vossa palavra me dá a vida, ó Senhor. (Sl 118, 49-50)

Ou:


Nisto conhecemos o amor de Deus: Jesus deu sua vida por nós; por isso nós também devemos dar a nossa vida pelos irmãos. (1Jo 3, 16)

Depois da Comunhão

Ó Deus, que a comunhão nesta Eucaristia renove a nossa vida para que, participando da paixão de Cristo neste mistério, e anunciando a sua morte, sejamos herdeiros da sua glória. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 28/09/2021
É preciso repreender a fofoca de nossa vida

“Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: ‘Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para destruí-los?’ Jesus, porém, voltou-se e repreendeu-os. E partiram para outro povoado” (Lucas 9,54-56).

Jesus está a caminho de Jerusalém, é na cidade de Jerusalém que Ele vai ser crucificado, morto e que vai subir para a glória do Céu. Então, na verdade, Jesus está a caminho do céu.

Para ir à Jerusalém, Ele enviou mensageiros para que preparassem o seu caminho, ou seja, Ele precisaria passar em vários lugares, descansar para prosseguir a viagem. Mas, quando chegou em um povoado de samaritanos, aquele grupo de samaritanos não quis acolher Jesus, porque Ele deixava a impressão de que estava indo para Jerusalém. Para os samaritanos, o centro era ali mesmo, na Samaria, era ali que Jesus devia ficar. Então, como havia uma oposição entre samaritanos e judeus, por questões históricas, culturais e religiosas... Enfim, Jesus não para nessas divisões humanas, mas os humanos param nas suas próprias divisões; os humanos, como nós, paramos nos preceitos e nos preconceitos que nós criamos.

Porque eles não quiseram acolher Jesus é que os discípulos perguntaram: “Senhor, quer que nós mandemos fogo do céu para destruir?”, não é um milagre que eles querem, eles querem se vingar. Eles querem do Senhor a autorização para se vingarem por não serem acolhidos.

Sua vida é uma má vida se você é cercado de pessoas incendiadas pelo fogo da fofoca

Sei que esse é o sentimento que cresce também em nós quando não somos aceitos, acolhidos, quando não somos compreendidos, quando somos rejeitados. Quando o sentimento do desprezo vem em nós, um fogo se ateia dentro de nós, o fogo da raiva, da vingança, o fogo de querer desejar o mal para o outro. Nem sempre falamos, mas quase sempre desejamos, porque o fogo se acende em nós; e é com esse fogo que queremos, muitas vezes, destruir reputações e pessoas. Esse fogo, muitas vezes, se acende, é o que nós chamamos de “o fogo da maledicência” ou o “fogo da fofoca”. Quando estamos fofocando, estamos semeando o fogo da destruição, estamos falando mal das pessoas, estamos querendo mal às pessoas, é óbvio que você fala mal de quem você não quer bem, de quem na sua cabeça tem sempre a suposição que lhe fez algum mal.

É verdade que existem pessoas tão más, tão tomadas por esse fogo do inferno, esse não é do céu, pois fala mal até de quem lhe fez bem. É duro quando esse fogo sai de você, esse fogo não é do espírito, não é de Deus, mas esse fogo é o fogo do inferno.

Toda e qualquer fofoca é diabólica, toda e qualquer situação onde estamos falando mal do irmão estamos acendendo as labaredas do inferno, porque estamos semeando, às vezes, uma faisquinha é suficiente para um fogo inteiro se acender, para uma floresta toda ser incendiada.

Você falou mal de uma pessoa aqui e não vai ficar nessa pessoa, isso vai se espalhar, vai crescer; e, geralmente, você, quando acende um “foguinho”, quando você joga uma pitada de cigarro, você não assume a responsabilidade por toda a floresta que se queimou: “Só falei uma coisinha”. Desculpe, mas a coisinha que você falou incendiou uma floresta toda, por isso, Jesus está repreendendo. E você precisa repreender todos os sentimentos de fofoca, de maledicência, de falar mal, de querer mal, seja nos pensamentos, nos sentimentos e nas palavras.

Repreenda isso em você, mas repreenda isso em quem está ao seu lado. Marido, repreenda sua mulher quando ela vier trazer fofoca para você; mulher, repreenda seu marido, repreenda seus filhos e repreenda, inclusive, suas amigas e seus amigos. Sua vida é uma má vida se você é cercado de pessoas incendiadas pelo fogo da fofoca.

Deus abençoe você!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
Facebook/padrerogeramigo
Seja um apoiador!
Ajude-nos a manter o Pocket Terço: apoia.se/pocketterco

Homilia Diária | Um mundo de samaritanos (Terça-feira da 26.ª Semana do Tempo Comum)

Vivemos em meio a samaritanos, almas que rejeitam a Cristo. De fato, no mundo em que vivemos reina a cultura da morte, uma mentalidade ateia e relativista, favorável a todo tipo de imoralidade, como o aborto, a ideologia de gênero e outros valores contrários ao Evangelho.Mas dias virão em que até os mundanos, vendo a vitória de Deus, tomarão os fiéis pela borda da roupa, querendo participar da mesma esperança: “Nós iremos convosco, porque ouvimos dizer que Deus está convosco”. Para isso, temos de ter um rosto decidido, que olha para frente sem se desviar nem para um lado nem para o outro. Num mundo de samaritanos, é fato, não há lugar para nós; mas a nossa missão é subir a Jerusalém, conscientes de que a cruz, abraçada com docilidade e obediência, é fonte de salvação.Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta terça-feira, dia 28 de setembro, e medite conosco mais uma página do santo Evangelho!


https://youtu.be/h3yhkKk1m68

Santo do dia 28/09/2021


São Venceslau (Memória Facultativa)
Local: Stará Boleslav, República Checa
Data: 28 de Setembro † 929/935


No assassinato de Venceslau da Boêmia houve grande confusão de motivos religiosos e políticos. Este jovem príncipe, nascido na Boêmia por volta de 907, foi educado pela avó paterna, Santa Ludmila, que, depois, foi morta por ordem de Drahomira, a mãe de Venceslau. Estamos nos inícios dos anos em que a Boêmia se converteu ao catolicismo. Venceslau era profundamente religioso, de bons costumes e caridoso para com os pobres. Mas, com a morte súbita do pai, sendo Venceslau ainda menor, o ducado ficou sob a responsabilidade de Drahomira, que procurava restaurar o paganismo, inclusive, com a expulsão dos missionários católicos. A situação do reino era de confusão e de revolta. Pressionado por nobres, o príncipe herdeiro Venceslau, com um golpe de força contra a regente sua mãe, promotora do paganismo, assumiu a direção do ducado em 925.

Formado por sua avó dentro dos padrões da piedade e da moral cristã, não se interessou apenas em governar seu povo, mas também em promover o cristianismo através de missionários católicos e, sobretudo, de monges beneditinos. Nos oito anos de reinado, Venceslau deu exemplo de moderação e tino administrativo. Venceslau governou com tanta justiça e, ao mesmo tempo, com tanta brandura, que em pouco tempo se tornou muito querido pelo povo. Era amigo e protetor dos pobres, dos doentes, dos encarcerados, sendo para as viúvas e os órfãos um verdadeiro pai.

Por vários motivos, sobretudo o combate ao paganismo patrocinado por sua mãe, formou-se um partido de oposição, chefiado pela mãe e pelo irmão Boleslau. Tramou-se seu assassinato. Boleslau deu uma grande festa para a qual convidou o duque e seus cortesãos. Depois da festa o jovem duque se retirou para rezar numa igreja. O delito fratricida foi consumado no dia seguinte de manhã, quando Venceslau estava para ir à igreja. Foi assassinado pelo próprio irmão Boleslau, ajudado por seus sicários.

Venceslau foi logo venerado pelo povo como santo e mártir, embora o seu assassinato, segundo parece, apenas muito indiretamente estivesse ligado a motivos religiosos. No século XI, São Venceslau já era considerado o santo padroeiro dos habitantes da Boêmia; e como padroeiro da moderna República Tcheca, a devoção a ele às vezes, vem impregnada com uma alta dose de sentimento nacionalista.

A Oração do dia comemora São Venceslau como rei e mártir, que preferiu o reino do céu ao da terra. Apesar do manto do poder, deu prova de uma santidade que atraía muitos eruditos, monges e sacerdotes. Sua comemoração nos ensina que todos os caminhos, todos os estados de vida e todas as funções na sociedade e na Igreja podem conduzir ao testemunho de Cristo e podem levar à perfeição da caridade, à santidade de vida.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

São Venceslau, rogai por nós!