Apoiadores do Pocket Terço
Terço com imagens no Youtube
Reze os Mistérios Luminosos com imagens

Antífona de entrada

No seu amor inabalável, o Senhor escolheu como apóstolos Simão e Judas e lhes deu uma glória eterna.

Glória

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados.
Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo poderoso.
Nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória.
Senhor Jesus Cristo, Filho unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus pai, Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica.
Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.
Só Vós sois o Santo, só Vós, o Senhor, Só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai.
Amém.

Oração do dia

Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (Ef 2, 19-22)


Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios


Irmãos, 19já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. 20Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. 21É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. 22E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Salmo Responsorial (Sl 18)


R. Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.


— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia. R.

— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz. R.


R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
V. A vós, ó Deus, louvamos, a vós, Senhor, cantamos; vos louva, ó Senhor, o coro dos Apóstolos! R.

Evangelho (Lc 6, 12-19)


V. O Senhor esteja convosco.

R. Ele está no meio de nós.


V. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Lucas 

R. Glória a vós, Senhor.


V. 12Naqueles dias, Jesus foi à montanha para rezar. E passou a noite toda em oração a Deus. 13Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu o nome de apóstolos: 14Simão, a quem impôs o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; 15Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelota; 16Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, aquele que se tornou traidor.

17Jesus desceu da montanha com eles e parou num lugar plano. Ali estavam muitos dos seus discípulos e grande multidão de gente de toda a Judeia e de Jerusalém, do litoral de Tiro e Sidônia. 18Vieram para ouvir Jesus e serem curados de suas doenças. E aqueles que estavam atormentados por espíritos maus também foram curados. 19A multidão toda procurava tocar em Jesus, porque uma força saía dele, e curava a todos.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Sobre as Oferendas

Ao festejarmos a glória dos apóstolos São Simão e São Judas, acolhei, ó Deus, as nossas preces e preparai os nossos corações para celebrar dignamente esta Eucaristia. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

Aquele que me ama será amado por meu Pai; nós viremos a ele, e faremos nele nossa morada. (Jo 14, 23)

Depois da Comunhão

Ó Deus, tendo recebido o vosso sacramento, nós vos pedimos, reunidos no Espírito Santo, que este sacrifício, hoje oferecido em memória do martírio de São Simão e São Judas, nos conserve sempre em vosso amor. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 28/10/2021
Deixemo-nos iluminar pela graça da escuta a Deus

“Jesus foi à montanha para rezar. E passou a noite toda em oração a Deus. Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze dentre eles” (Lucas 6,12-13).

Hoje, estamos celebrando, com a graça de Deus, dois dos Doze apóstolos de Jesus: São Simão e São Judas Tadeu. E a primeira coisa que a Palavra de Deus nos aponta é que esses homens foram escolhidos não somente a dedo, como também no coração e na oração.

Um homem de Deus não faz escolhas apenas de acordo com os critérios humanos, pelo contrário, ele se deixa iluminar pela graça de Deus, que dá o discernimento e aponta a direção. Às vezes, você vai dizer: “Jesus orou e, mesmo assim, errou porque escolheu Judas”. Não! Pelo contrário, mesmo Deus olhando para nós e sabendo que temos más inclinações, Deus nos chama, Ele nos escolhe porque quer nos dar chance a cada dia para nos convertermos, para sermos melhores, para dizer que temos jeito.

Não há graça maior para o nosso tempo do que a graça da escuta

Quando você não acredita que você tem jeito, você se perde assim como Judas se perdeu, se iludiu e se enganou, mas queremos celebrar hoje esses dois apóstolos que foram fiéis, pois a fidelidade é importante, apesar das fragilidades, porque todos eles tinham fragilidades, fraquezas e pecados. Quando olhamos para a nossa vida, temos fragilidades, limites e pecados, e Deus nos escolhe apesar disso tudo para dizer que maior na nossa vida é a graça. E caímos em desgraça quando deixamo-nos levar pelas nossas inclinações e não pela inclinação da graça.

Apóstolos escolhidos para estarmos com Jesus, para orarmos com Ele, para aprendermos a confiar na graça, para nos voltarmos e sermos transformados pela graça. Apóstolos escolhidos por Jesus para ouvi-Lo. E, uma vez que eles ouviam Jesus, eram enviados por Ele para anunciar em nome do Senhor. E como é que vamos falar do Senhor se não ouvimos o Senhor? Muitos iam até Jesus para ouvirem a Sua Palavra e serem curados de suas doenças e enfermidades.

Penso que não há graça maior para o nosso tempo do que a graça da escuta; vivemos numa sociedade surda, vivemos numa sociedade muito barulhenta, e é por isso que nos perdemos tão facilmente, é por isso que emocionalmente estamos tão doentes porque vivemos muito barulhados. A graça de escutarmos Jesus é a graça de sermos curados de todos os tormentos mentais, espirituais e emocionais que passamos nos tempos em que vivemos.

Deus nos quer curados, mas a cura vem pela escuta, não é pelo desespero, não é pelo grito. Aprendamos a escutar Jesus, essa é a primeira lição do discipulado, do apostolado dos seguidores de Jesus; e muitos se perdem pelo caminho, inclusive nas confusões das próprias emoções porque perdem a graça da escuta.

Deus abençoe você!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
Facebook/padrerogeramigo
Seja um apoiador!
Ajude-nos a manter o Pocket Terço: apoia.se/pocketterco

Homilia | Fiel à doutrina, compassivo com as almas (Festa de São Simão e São Judas Tadeu, Apóstolos)

A Igreja é, por essência, apostólica, porque apostólica é a sua fé, recebida dos Doze, e apostólica é a sua vida, voltada para a salvação das almas, como fizeram os Doze. Neste dia em que celebramos dois deles, São Simão e São Judas Tadeu, é oportuno meditar sobre dois aspectos de seu ministério que são indispensáveis para todo sacerdote: a fidelidade e a compaixão. O sacerdote deve ser fiel, porque unido a Deus, e compassivo, porque unido aos homens, sendo assim ponte entre o céu e a terra.Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta quinta-feira, dia 28 de outubro, e celebremos juntos a memória dos santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu!


https://youtu.be/io9RGIa4tkc

Santo do dia 28/10/2021


São Simão e São Judas (Festa)
Data: 28 de Outubro † s. I


Não sabemos muito sobre estes dois Apóstolos. Contudo, comemorando os Apóstolos, a Igreja celebra sempre a vocação e a missão de toda a Igreja, chamada toda ela a ser apostólica.

Simão é chamado de "Zelote", o que nos leva a crer que, antes de unir-se a Jesus, pertencia ao partido dos zelotes. Este partido representava uma tendência mais radical entre os nacionalistas judeus, com o objetivo de expulsar os dominadores estrangeiros. Marcos, no seu Evangelho, substituiu o qualificativo de zelote pelo de "cananeu".

O fato de Jesus ter escolhido um "zelote" para Apóstolo demonstra a verdade daquela palavra do Senhor: Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi. Cristo, ao escolher seus Apóstolos, quis que o colégio dos doze fosse de certa maneira representativo da situação religiosa e social do povo judeu. Desconhece-se a vida de Simão depois da dispersão dos Apóstolos na pregação do Evangelho.

Sobre São Judas já temos alguns dados. Ele é chamado Tadeu ou filho de Tiago para distingui-lo de Judas Iscariotes, o traidor. De Judas Tadeu o Evangelho de João nos conservou uma única frase, a última dos Apóstolos por ocasião da Última Ceia. Ele perguntou a Jesus: Senhor, por que te manifestarás a nós e não ao mundo? (Jo 14, 22). Jesus respondeu-lhe que o mundo não era digno das revelações divinas, por não lhe ter fé nem amor. Deus se manifesta realmente a quem tem fé e amor.

Depois da descida do Espírito Santo, Judas Tadeu teria se dirigido para a Síria, a Mesopotâmia e a Armênia. Deste Apóstolo a Igreja conserva uma carta, talvez dirigida aos judeus cristãos da Palestina. Acontece que o redator da chamada Carta de Judas não se identifica com os Apóstolos: Vós, caríssimos, lembrai-vos do que foi predito pelos Apóstolos de Nosso Senhor Jesus Cristo. Eles vos diziam: no final dos tempos haverá zombadores que andarão segundo seus ímpios desejos (Id 17).

Curiosamente, o apóstolo São Judas Tadeu tornou-se no Brasil um dos santos mais venerados pelos fiéis, invocado sobretudo nos casos desesperados ou de urgente necessidade.

Os textos da Missa são bastante genéricos. Falam da escolha dos Apóstolos por Cristo (Antífona da entrada). A Oração coleta faz memória da pregação dos Apóstolos pelos quais Deus nos fez chegar ao conhecimento do Evangelho. A Antífona da Comunhão recorda que o Pai e o Filho virão fazer sua morada naqueles que amam a Cristo Jesus.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

São Simão e São Judas, rogai por nós!