Nome: Santa Francisca Romana (Memória Facultativa)
Local: Roma, Itália
Data: 09 de Março † 1440

Santa Francisca Romana, porque nascida em Roma, no ano de 1384, de um lar nobre. Foi prometida em casamento pelo pai a um jovem nobre, rico, dotado também de egrégias qualidades. No casamento, Francisca pôde conciliar seus deveres de dama da nobreza, de mãe, esposa e dona de casa com a prática de intensa piedade e caridade para com o próximo.

Viveu numa época de grandes calamidades. Ajudou com seus bens os pobres e dedicou-se ao serviço dos doentes. Na contínua união com Deus hauriu a força para sua incansável operosidade. Foi admirável na sua atividade em favor dos indigentes e na prática das virtudes, especialmente na humildade e na paciência. Com um grupo de damas de Roma deu início, em 1435, à Associação das Oblatas de Maria, ligadas à Ordem Beneditina, mas sem votos religiosos e sem outra finalidade senão a de observar melhor os mandamentos do Senhor, fomentar a devoção a Nossa Senhora, exercitar as virtudes cristãs e praticar a caridade. Francisca continuou a dirigir seu lar. Após quarenta anos de vida matrimonial, com a morte do esposo e dos filhos, passou a viver em companhia das oblatas até sua morte em 1440. Quatro anos após a morte de Francisca, a autoridade eclesiástica aprovou a regra das oblatas, que se constituíram em nova congregação religiosa.

Francisca Romana é modelo da mulher cristã em todas as condições da vida social. Ela foi jovem pura, modesta, religiosa. Foi noiva, foi esposa modelar, mãe amorosa, viúva serena, ativa e animadora de projetos caritativos, enfim, fundadora das Oblatas de Maria. O exemplo desta mulher mostra que a santidade cristã não é uma realidade desligada da vida. A luz de Deus iluminou sua vida de dama pobre, rica, esposa, mãe e religiosa. Pode-se dizer que ela é precursora de um novo tipo de vida religiosa feminina apostólica que se multiplicou em tantas Congregações que foram surgindo nos séculos seguintes na Igreja.

A Oração coleta apresenta Santa Francisca Romana como admirável modelo de esposa e de monja. E pede que possamos reconhecer e seguir a vontade de Deus em todas as circunstâncias da vida. A figura admirável de Santa Francisca Romana, certamente, poderia ser mais conhecida e imitada em nossos dias.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

Santa Francisca Romana, rogai por nós!

Para mais terços, novenas e orações de vários santos, baixe o aplicativo Pocket Terço em seu Android ou iPhone.