Nome: São Cirilo de Jerusalém (Memória Facultativa)
Local: Jerusalém, Israel
Data: 18 de Março † c. 386/387

Cirilo nasceu em Jerusalém pelo ano de 315 e morreu como bispo de Jerusalém em 386 ou 387. Insigne representante da tradição mistagógica de Jerusalém, foi catequista e educador da fé do povo de Deus. Ordenado sacerdote, recebeu a incumbência de preparar os candidatos para a iniciação cristã nos sacramentos do Batismo, da Crisma e da Eucaristia. A ele são atribuídas catequeses batismais e mistagógicas. São dezoito Catequeses pré-batismais e cinco Catequeses mistagógicas. Por meio delas se introduzem os catecúmenos e os neobatizados nos mistérios da fé. São textos de profunda espiritualidade. Muitos desses textos são lidos na leitura patristica da Liturgia das Horas.

Eleito bispo de Jerusalém, defendeu com coragem a fé nicena contra os ataques dos arianos. Embora de índole pacífica, sofreu perseguições e até o exilio. O papa Leão XIII, em 1882, lhe conferiu o título de Doutor da Igreja.

No dia de sua comemoração a Igreja reza: Ó Deus, que levastes vossa Igreja a penetrar mais profundamente nos mistérios da salvação, pela catequese de São Cirilo de Jerusalém, concedei-nos, por suas preces, conhecer de tal modo o vosso Filho, que tenhamos a vida em plenitude.

Cirilo de Jerusalém lembra à Igreja a grande missão do aprofundamento da fé em preparação aos sacramentos de Iniciação cristã, bem como a necessidade do aprofundamento permanente da fé após a celebração dos sacramentos. É o que chamamos de catequese mistagógica ou mistagogia.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

Para mais terços, novenas e orações de vários santos, baixe o aplicativo Pocket Terço em seu Android ou iPhone.