Antífona de entrada

Estes são homens santos, que se tornaram amigos de Deus, gloriosos arautos de sua mensagem.

Oração do dia

Ó Deus, que, pela pregação de São Francisco Xavier, conquistastes para vós muitos povos do Oriente, concedei a todos os fiéis o mesmo zelo para que a santa Igreja possa alegrar-se com o nascimento de novos filhos em toda a terra. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (Is 26, 1-6)


Leitura do Livro do Profeta Isaías


1Naquele dia, cantarão este canto em Judá: “Uma cidade fortificada é a nossa segurança; o Senhor cercou-a de muros e antemuro. 2Abri as suas portas, para que entre um povo justo, cumpridor da palavra, 3firme em seu propósito; e tu lhe conservarás a paz, porque confia em ti. 4Esperai no Senhor por todos os tempos, o Senhor é a rocha eterna. 5Ele derrubou os que habitam no alto, há de humilhar a cidade orgulhosa, deitando-a por terra, até fazê-la beijar o chão. 6Hão de pisá-la os pés, os pés dos pobres, as passadas dos humildes”.

Salmo Responsorial (Sl 117)


R. Bendito é aquele que vem vindo em nome do Senhor!


— Dai graças ao Senhor porque ele é bom! “Eterna é a sua misericórdia!” “É melhor buscar refúgio no Senhor, do que pôr no ser humano a esperança; é melhor buscar refúgio no Senhor, do que contar com os poderosos deste mundo!” R.

— Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; quero entrar para dar graças ao Senhor! “Sim, esta é a porta do Senhor, por ela só os justos entrarão!” Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes e vos tornastes para mim o Salvador! R.

— Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, ó Senhor, dai-nos também prosperidade! Bendito seja, em nome do Senhor, aquele que em seus átrios vai entrando! Desta casa do Senhor vos bendizemos. Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine! R.


Aclamação ao Evangelho

R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
V. Buscai o Senhor, vosso Deus, invocai-o enquanto está perto! (Is 55, 6) R.

Evangelho (Mt 7, 21. 24-27)


V. O Senhor esteja convosco.

R. Ele está no meio de nós.


V. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Mateus 

R. Glória a vós, Senhor.


V. Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 21“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus. 24Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática, é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha.25Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha. 26Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. 27Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa!”

Sobre as Oferendas

Acolhei, ó Deus, as oferendas que vos trazemos na festa de São Francisco Xavier a quem o desejo de salvar a todos levou a terras longínquas; concedei que também nós, dando um testemunho eficaz do Evangelho, corramos, com nossos irmãos, ao vosso encontro. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas e as farei repousar, diz o Senhor. (Ez 34, 15)

Depois da Comunhão

Ó Deus, que esta Eucaristia acenda em nós o amor que abrasava São Francisco pela salvação das almas, a fim de que, seguindo fielmente a nossa vocação, possamos obter com ele o prêmio dos bons operários. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 03/12/2020
O alicerce da nossa vida é Deus

“Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha” (Mateus 7,25).

Todos nós edificamos uma casa nesta vida, mas não queria que você olhasse para sua casa material, mas olhasse para a casa que é a vida de cada um de nós. Assim como o construtor trabalha para construir a sua casa ou para construir a casa que estamos fazendo, trabalhamos dura e intensamente para edificar a casa que é a nossa vida.

Sabe, você pode fazer a melhor construção, mas se você coloca aquela casa sem alicerce firme e forte, se você não a coloca sobre uma rocha firme, sobre pedras firmes, sobre um terreno firme, quando vierem as adversidades, os ventos, as tempestades, as chuvas, a casa vai ruir. Basta olhar quantas situações tristes e tenebrosas acontecem no meio de nós quando enchentes fortes vêm em tantas regiões do Brasil e do mundo. Quantas casas são devastadas e, muitas vezes, só se mobiliza o governo, a sociedade, quando a casa vem abaixo, mas a casa está mal edificada ou está edificada em um lugar errado ou está edificada sobre o perigo.

Não podemos fazer a mesma coisa com a nossa vida, não podemos esperar que a vida caia, que a casa caia e que as coisas desmoronem. Não podemos deixar que a família caia e desmorone, porque não cuidamos dela.

A sabedoria é saber onde estamos colocando a cada dia o alicerce da nossa vida

Por isso, assim como você precisa edificar a casa material sobre uma rocha firme, mais ainda precisa edificar a casa que é a nossa vida e a nossa família. Não fique vivendo uma vida superficial, não edifique nada sobre a superficialidade, porque o que é superficial é aparentemente bonito, colorido e chama a atenção.

Às vezes, fico olhando as pessoas: como elas postam coisas bonitas nas redes sociais, postam sempre coisas coloridas e floridas! Não é para ficar o tempo inteiro postando dramas e tudo mais, mas precisamos colocar a nossa vida edificada sobre aquilo que é firme e essencial.

A vida de cada um de nós é uma luta, uma batalha a cada dia, e não tenho dúvida nenhuma nem da minha vida nem da sua vida, mas é preciso sabedoria; é o que falta muitas vezes a nós. A sabedoria é saber onde estamos colocando, a cada dia, o alicerce da nossa vida.

Não é em pessoas em primeiro lugar. O alicerce da vida é Deus, Ele é a rocha firme, é a Sua Palavra que nos sustenta e nos coloca de pé a cada dia. Por maiores que sejam as tribulações, ficamos de pé se no Senhor, de forma sábia e prudente, colocarmos a nossa vida.

Deus abençoe você!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
Facebook/padrerogeramigo

Seja um apoiador do Pocket Terço: apoia.se/pocketterco

Memória de São Francisco Xavier

Em pleno Advento, não é sem motivo que nos propõe a Igreja a memória de São Francisco Xavier, porque é quando esperamos pela vinda de Cristo que mais nos devemos lembrar que ser missionário não é outra coisa que causar na vida de outros o advento e a presença salvífica do Senhor. Ser missionário não é só nem principalmente fazer bem ao corpo, mas trazer à alma a luz da fé, a âncora da esperança, o bálsamo da caridade e o remédio da graça. Assista à homilia do Pe. Paulo Ricardo para esta quinta-feira, dia 3 de dezembro, e peçamos a São Francisco Xavier o mesmo espírito que o animou a levar a todos a verdade de Jesus Cristo, a única que nos pode salvar!




Santo do dia 03/12/2020

São Francisco Xavier

A Igreja que na sua essência é missionária, teve no século XV e XVI um grande impulso do Espírito Santo para evangelizar a América e o Oriente. No Oriente, São Francisco Xavier destacou-se com uma santidade que o levou a ousadia de fundar várias missões, a ponto de ser conhecido como "São Paulo do Oriente". Francisco nasceu no castelo de Xavier, na Espanha, a 7 de abril de 1506, sofreu com a guerra, onde aprendeu a nobreza e a valentia; com dezoito anos foi para Paris estudar, tornando-se doutor e professor.

Vaidoso e ambicioso, buscava a glória de si até conhecer Inácio de Loyola, com quem fez amizade; e que sempre repetia ao novo amigo: "Francisco, que adianta o homem ganhar o mundo inteiro se perder a sua alma?" Com o tempo e intercessão de Inácio, o coração de Francisco foi cedendo ao amor de Jesus, até que entrou no verdadeiro processo de conversão; o resultado se vê no fato de ter se tornado cofundador da Companhia de Jesus.

Já como Padre, e empenhado no caminho da santidade, São Francisco Xavier foi designado por Inácio a ir em missão para o Oriente. Na Índia, fez frutuoso trabalho de evangelização que abrangeu todas as classes e idades, ao avançar para o Japão, submeteu-se em aprender a língua e os seus costumes, a fim de anunciar um Cristo encarnado. Ambicionando a China para Cristo, pôs-se a caminho, mas em uma ilha frente a sua nova missão, veio a falecer por causa da forte febre e cansaço.

Esse grande santo missionário entrou no Céu com quarenta e seis anos, e percorreu grandes distâncias para anunciar o Evangelho, tanto assim que se colocássemos em uma linha suas viagens, daríamos três vezes a volta na Terra. São Francisco Xavier, com dez anos de apostolado, tornou-se merecidamente o Patrono Universal das Missões ao lado de Santa Teresinha do Menino Jesus.

São Francisco Xavier, rogai por nós!