Antífona de entrada

Exulte o coração dos que buscam a Deus. Sim, buscai o Senhor e sua força, procurai sem cessar a sua face. (Sl 104, 3-4)

Oração do dia

Deus eterno e todo-poderoso, aumentai em nós a fé, a esperança e a caridade e dai-nos amar o que ordenais para conseguirmos o que prometeis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (Fl 1, 18b-26)


Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses


Irmãos, 18bde qualquer maneira, com segundas intenções ou com sinceridade, Cristo é anunciado. E eu me alegro com isso, e sempre me alegrarei. 19Pois eu sei que isso resultará na minha salvação graças à vossa oração e à assistência do Espírito de Jesus Cristo. 20Segundo a minha viva expectativa e a minha esperança, não terei de corar de vergonha. Se a minha firmeza continuar total, como sempre, então Cristo vai ser glorificado no meu corpo, seja pela minha vida, seja pela minha morte. 21Pois para mim, o viver é Cristo e o morrer é lucro. 22Entretanto, se o viver na carne significa que meu trabalho será frutuoso, neste caso, não sei o que escolher. 23Sinto-me atraído para os dois lados: tenho o desejo de partir, para estar com Cristo – o que para mim seria de longe o melhor – 24mas para vós é mais necessário que eu continue minha vida neste mundo. 25Por isso, sei com certeza que vou ficar e continuar com vós todos, para que possais progredir e alegrar-vos na fé. 26Assim, com a minha volta para junto de vós, vai aumentar ainda a razão de vos gloriardes em Cristo Jesus.

Salmo Responsorial (Sl 41)


R. Minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo!


— Assim como a corça suspira pelas águas correntes, suspira igualmente minh’alma por vós, ó meu Deus! R.

— Minha alma tem sede de Deus, e deseja o Deus vivo. Quando terei a alegria de ver a face de Deus? R.

— Peregrino e feliz caminhando para a casa de Deus, entre gritos, louvor e alegria da multidão jubilosa. R.


Aclamação ao Evangelho

R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
V. Tomai meu jugo sobre vós e aprendei de mim que sou de coração humilde e manso! (Mt 11, 29ab) R.

Evangelho (Lc 14, 1. 7-11)


V. O Senhor esteja convosco.

R. Ele está no meio de nós.


V. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Lucas 

R. Glória a vós, Senhor.


V. 1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 7Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola: 8“Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, 9e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar. 10Mas, quando tu fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: ‘Amigo, vem mais para cima’. E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. 11Porque quem se eleva será humilhado e quem se humilha será elevado”.

Sobre as Oferendas

Olhai, ó Deus, com bondade as oferendas que colocamos diante de vós, e seja para vossa glória a celebração que realizamos. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

Com a vossa vitória então exultaremos, levantando as bandeiras em nome do Senhor. (Sl 19, 6)

Ou:


O Cristo nos amou, e por nós se entregou a Deus, como oferenda e sacrifício santo. (Ef 5, 2)

Depois da Comunhão

Ó Deus, que os vossos sacramentos produzam em nós o que significam, a fim de que um dia entremos em plena posse do mistério que agora celebramos. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 31/10/2020
Busque aquele lugar que ninguém busca

“Quando fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu” (Lucas 14,8).

Imagina que coisa chata: você é convidado para um banquete, para um casamento, e há pessoas que já gostam logo do primeiro lugar, vão logo sentando-se à frente... Mas, muitas vezes, alguém vai ter que cometer a indelicadeza de dizer: “Olha, sente ali do lado”.

Temos que aprender a ser mais servidores do que querermos ser servidos, temos que buscar, evangelicamente falando, sermos sem importância para termos aquela importância única diante do coração de Deus. Por isso, cuidado com essa mentalidade humana e mundana de buscar sempre o primeiro lugar, de buscar sempre ser o mais importante, o mais valorizado e lembrado.

Ensine aos seus filhos que o lugar mais importante não é primeiro, é o último, é aquele que serve. Quando você vai à casa de alguém, não vá logo se juntar à mesa e dizer: “Eu vou ocupar esse lugar”; vá ajudar, vá servir e, se sobrar um lugar, sente-se no lugar que sobrou. Se não sobrar lugar, não tem importância, porque o lugar que você tem no coração de Deus esse ninguém vai tirar.

Sirva aquele lugar que ninguém serve, dê a sua vida onde ninguém quer ter vida

Para o mundo, tem importância eu estar junto com tal pessoa, aparecer na foto com esse ou aquele. Parece que isso vai me valorizar mais. Para as pessoas, têm importância eu conseguir tirar fotos ao lado da pessoa famosa, sentar-me ao lado desse e daquele. Que visão mundana, que visão de quem ainda vive as imaturidades da soberba do coração!

Não vemos as pessoas dando importância ou cuidar de quem não é lembrado, de quem não teve o que comer no dia de hoje, de quem passa por aflições, fome e necessidades. As suas fotos nas redes sociais, quando vai em locais bonitos, quando tem restaurantes chiques para mostrar, comidas gostosas para mostrar... Você já está se fartando, e Deus não tem nada para lhe saciar mais, você já saciou-se dos cultos humanos.

Busque aquele lugar que ninguém busca, sirva aquele lugar que ninguém serve, dê a sua vida onde ninguém quer ter vida. Busque evangelicamente o lugar que ninguém busca, é nesse lugar que Deus está, este lugar ninguém vai roubar de você. Seu coração vai ter paz,  você vai se livrar das aflições, dos tormentos e competições deste mundo. É ali o seu lugar, o seu oásis, é ali que Deus habita!

Deus abençoe você!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
Facebook/padrerogeramigo

Seja um apoiador do Pocket Terço: apoia.se/pocketterco

Os humildes serão exaltados

O caminho da exaltação de todo discípulo há de ser o mesmo da do Mestre: é preciso subir a Jerusalém, não para manifestar-se com glória e poder diante dos homens, mas para aceitar obedientemente o cálice da humilhação, porque os que se elevam neste mundo serão humilhados no futuro, mas quem nesta vida sabe ocupar os últimos lugares receberá, mais tarde, a graça de sentar-se ao lado do Cordeiro nas suas bodas eternas. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para este sábado, dia 31 de outubro, e peçamos a Cristo Nosso Senhor que infunda hoje em nossas almas a virtude da humildade.




Santo do dia 31/10/2020

Santo Afonso Rodrigues


Natural de Segóvia na Espanha, Afonso veio à luz aos 25 de julho de 1532. Pertencente a uma família cristã, teve que interromper seus estudos no primário, pois com a morte do pai precisou assumir os compromissos com o comércio. Casou-se com Maria Soares, que amou tanto quanto seus dois filhos, que infelizmente com o tempo faleceram.

Ao entrar em crise espiritual, Afonso entregou-se à oração e à penitência e, dirigido por um sacerdote, descobriu o seu chamado a ser Irmão religioso; e assim abraçou grandes dificuldades como a limitação dos estudos. Vencendo tudo em Deus, Afonso foi recebido na Companhia de Jesus como Irmão e, depois do noviciado, foi enviado para o colégio de formação. Lá desempenhou os ofícios de porteiro e a todos prestava vários serviços. Dentre as virtudes heroicas que conquistou na graça, buscando ser firme na fé, foi a obediência sua prova de verdadeira humildade.

Santo Afonso sabia ser simples, pois aceitava com amor toda ordem e todo desejo dos superiores como expressão da vontade de Deus. Tinha como regra: “Agradar somente a Deus, cumprir sempre e em toda parte a Vontade Divina”. Este santo encantador com sua espiritualidade ajudou a muitos, principalmente São Pedro Claver quanto ao futuro apostolado na Colômbia.

Místico de muitos carismas, Santo Afonso Rodrigues sofreu muito antes de morrer, em 31 de outubro de 1617.


Santo Afonso Rodrigues, rogai por nós!