Apoiadores do Pocket Terço
Terço com imagens no Youtube
Reze os Mistérios Dolorosos com imagens

Antífona de entrada

Com grande alegria rejubilo-me no Senhor, e minha alma exultará no meu Deus, pois me revestiu de justiça e salvação, como a noiva ornada de suas joias.

Glória

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados.
Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo poderoso.
Nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória.
Senhor Jesus Cristo, Filho unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus pai, Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica.
Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.
Só Vós sois o Santo, só Vós, o Senhor, Só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai.
Amém.

Oração do dia

Ó Deus todo-poderoso, ao rendermos culto à Imaculada Conceição de Maria, Mãe de Deus e Senhora nossa, concedei que o povo brasileiro, fiel à sua vocação e vivendo na paz e na justiça, possa chegar um dia à pátria definitiva. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (Est 5, 1b-2; 7, 2b-3)


Leitura do Livro de Ester


Ester revestiu-se com vestes de rainha e foi colocar-se no vestíbulo interno do palácio real, frente à residência do rei. O rei estava sentado no trono real, na sala do trono, frente à entrada. 2Ao ver a rainha Ester parada no vestíbulo, olhou para ela com agrado e estendeu-lhe o cetro de ouro que tinha na mão, e Ester aproximou-se para tocar a ponta do cetro.

7, 2bEntão, o rei lhe disse: “O que me pedes, Ester; o que queres que eu faça? Ainda que me pedisses a metade do meu reino, ela te seria concedida”. 3Ester respondeu-lhe: “Se ganhei as tuas boas graças, ó rei, e se for de teu agrado, concede-me a vida — eis o meu pedido! — e a vida do meu povo — eis o meu desejo!”

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Salmo Responsorial (Sl 44)


R. Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: que o Rei se encante com vossa beleza!


— Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: “Esquecei vosso povo e a casa paterna! Que o Rei se encante com vossa beleza! Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor! R.

— O povo de Tiro vos traz seus presentes, os grandes do povo vos pedem favores. Majestosa, a princesa real vem chegando, vestida de ricos brocados de ouro. R.

— Em vestes vistosas ao Rei se dirige, e as virgens amigas lhe formam cortejo; entre cantos de festa e com grande alegria, ingressam, então, no palácio real”. R.


Segunda Leitura (Ap 12, 1. 5. 13a. 15-16a)


Leitura do Livro do Apocalipse de São João


Apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas. 5E ela deu à luz um filho homem, que veio para governar todas as nações com cetro de ferro. Mas o filho foi levado para junto de Deus e do seu trono. 13aQuando viu que tinha sido expulso para a terra, o dragão começou a perseguir a mulher que tinha dado à luz o menino.

15A serpente, então, vomitou como um rio de água atrás da mulher, a fim de a submergir. 16aA terra, porém, veio em socorro da mulher.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
V. Disse a Mãe de Jesus aos serventes: “fazei tudo o que Ele disser!” (Jo 2, 5b) R.

Evangelho (Jo 2, 1-11)


V. O Senhor esteja convosco.

R. Ele está no meio de nós.


V. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo João 

R. Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo, 1houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava presente. 2Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento. 3Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”.

4Jesus respondeu-lhe: “Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou”. 5Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei o que ele vos disser”. 6Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros.

7Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de água”. Encheram-nas até a boca. 8Jesus disse: “Agora tirai e levai ao mestre-sala”. E eles levaram. 9O mestre-sala experimentou a água, que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.

10O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: “Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora!” 11Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Creio

Creio em Deus Pai Todo-Poderoso,
Criador do céu e da terra;
e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor;
que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;
nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado.
Desceu à mansão dos mortos;
ressuscitou ao terceiro dia;
subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos;
creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna.
Amém.

Sobre as Oferendas

Acolhei, ó Deus, as preces e oferendas apresentadas em honra de Maria, Mãe de Jesus Cristo, vosso Filho; concedei que elas vos sejam agradáveis e nos tragam a graça da vossa proteção. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

Seus filhos se erguem para proclamá-la bem-aventurada. Ela se levanta antes da aurora para dar o alimento a cada um. (Pr 31, 28. 15)

Depois da Comunhão

Alimentados com o Corpo e o Sangue de vosso Filho, nós vos suplicamos, ó Deus: dai ao vosso povo, sob o olhar de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, irmanar-se nas tarefas de cada dia para a construção do vosso reino. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 12/10/2021
A Mãe de Deus nos aponta o caminho do Céu

“Sua mãe disse aos que estavam servindo: ‘Fazei o que ele vos disser!’” (João 2,5).

Celebremos, com todo amor do nosso coração, nossa Rainha e Padroeira, a Mãe Aparecida. Do alto do Santuário, os maiores santuários marianos do mundo, uma pequena imagem resplandece como o sinal da presença amorosa e milagrosa de Deus no nosso meio.

Há mais de 300 anos, o grupo de pobres pescadores, encontraram a imagem, ali, no rio Paraíba, e ela foi um sinal de Deus para eles, precisavam tanto pescar mas não conseguiam, não tinha peixes no rio. Eles voltaram-se para a fé, em vez do desespero, apesar da pressão que sofriam, eles recorreram a Deus e a Virgem Maria; e o próprio céu manifestou um sinal: o corpo da imagem foi encontrado e, depois, a cabeça.

A imagem não é Maria, mas é um sinal de que a Mãe de Deus, a Senhora Aparecida, nos aponta o caminho do Céu

Uma imagem que, talvez, alguém não quis mais, estragou, quebrou, foi jogada no rio e os pescadores a encontraram, e, a partir dali, a pesca foi abundante. Essa imagem, uma vez guardada e, depois, construída uma pequena capelinha, trouxe numerosos prodígios e milagres desde quando foi encontrada, desde cego que passou a enxergar, pessoas que eram aleijadas e começaram a andar, aos milhares e milhares de testemunhos de graças alcançadas que você vê hoje neste grande Santuário Mariano de todo o mundo.

Aparecida é um sinal não só para o Brasil, e sim para o mundo; um sinal de que assim como Deus curou, operou milagres através da serpente de bronze no deserto, Deus opera milagres por meio d'Aquela que pisou na cabeça da serpente: a Virgem Maria, a Senhora da Conceição, Aquela que foi concebida sem pecado, que apareceu e aparece para nós como sinal do Reino dos Céus. "A mulher orante" é assim que nós vemos a imagem de Aparecida, dizendo aos nossos corações e aos nossos ouvidos: “Fazei tudo o que Ele vos disser”, fazei tudo o que Jesus nos disser e nos ensinar.

Aparecida é a imagem reconstruída, essa imagem foi uma vez atacada, quebrada, despedaçada, virou só o farelo, mas até de uma forma milagrosa ela foi totalmente recomposta e está, de uma forma esplêndida, no Santuário de Aparecida.

As imagens não são para serem desprezadas, elas são para serem veneradas, elas nos indicam o caminho do Céu, elas nos indicam que Deus está no meio de nós. Por isso, hoje, nos voltamos para a Mãe de Deus, a Senhora Aparecida. A imagem não é Maria, a imagem não é Deus, mas é um sinal de que a Mãe de Deus, a Senhora Aparecida, nos aponta o caminho do Céu.

Nossa Senhora Aparecida rogai por nós!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
Facebook/padrerogeramigo
Seja um apoiador!
Ajude-nos a manter o Pocket Terço: apoia.se/pocketterco

Homilia | A Imperatriz perpétua do Brasil (Solenidade de Nossa Senhora da Conceição Aparecida)

A Virgem Santíssima esteve presente em nossa história desde quando o Brasil era apenas um território do Reino de Portugal. Foi nesta época, alguns anos depois de Portugal ter sido consagrado a Nossa Senhora da Conceição, que foi “pescada” milagrosamente uma imagem de barro da Virgem Imaculada, em torno da qual começaram a acontecer portentosos milagres. A ela Dom Pedro I consagrou o Brasil, antes da Independência; e com ela ficou a coroa da Princesa Isabel, após a Proclamação da República. Regimes, governos e ideologias passaram e passarão; mas Nossa Senhora da Conceição Aparecida permanece intercedendo por nós.Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta terça-feira, dia 12 de outubro, e peçamos a intercessão de nossa amada padroeira.


https://youtu.be/bJEZ_gZqum4

Santo do dia 12/10/2021


Beato Carlo Acutis (Memória Facultativa)
Local: Monza, Itália
Data: 12 de Outubro † 2006


Carlo Acutis nasceu em 3 de maio de 1991 em Londres e foi batizado no dia 18 de maio seguinte. Em setembro do mesmo ano mudou-se com a família para Milão.

Recebeu uma excelente educação no contexto familiar e frequentou o ensino básico em alguns institutos religiosos, mostrando desde a primeira infância um temperamento sereno e afável e um caráter aberto e jovial.

Frequentou a paróquia assiduamente e em 1998 recebeu sua primeira comunhão, enquanto em 2003 foi administrado o sacramento da confirmação. Ele alimentou sua intensa vida interior com a Eucaristia e a devoção a Maria. Foi catequista, sem descuidar dos estudos, adquirindo, entre outras coisas, uma rara competência no campo da informática, tanto que realizou importantes projetos de informática a serviço da evangelização.

Ele trabalhou como voluntário com os sem-teto e nas cozinhas populares dos pobres. Nos primeiros dias de outubro de 2006, ele foi acometido por uma forma grave de leucemia. Conservou a serenidade e a jovialidade até ao fim, mesmo nos momentos mais críticos do mal, já certo do próximo encontro com Deus, edificando os que o rodeiam com o seu comportamento e com as suas palavras. Ele morreu em 12 de outubro de 2006 em Monza, perto de Milão.

Em 2018, o Papa Francisco reconheceu o caráter heroico das virtudes e no dia 10 de outubro de 2020 foi beatificado pelo mesmo Sumo Pontífice.

Fonte: causesanti.va (adaptado)

Beato Carlo Acutis, rogai por nós!



Nossa Senhora Aparecida (Solenidade)
Data: 12 de Outubro


"Salva das águas". A solenidade do dia 12 de outubro celebra Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Em 1930 ela foi solenemente proclamada Padroeira do Brasil por Pio XI.

Para compreendermos e celebrarmos devidamente esta solenidade parece importante situá-la no contexto da mensagem dos santuários. A devoção deu origem a um santuário, situado na cidade de Aparecida, no Vale do Paraíba, Estado de São Paulo. Cada santuário tem sua mensagem própria, seja por fatos históricos, seja pela topografia. Deus comunica-se com a humanidade também através de lugares especiais de graças, transformando-se, desta forma, em santuários.

O mesmo aconteceu com Aparecida. Lá, numa curva do rio Paraíba, em 1773, é encontrada nas águas por três pescadores uma imagem; primeiro, o corpo e, depois, a cabeça. Ela é recomposta e começa a ser venerada. Aos poucos, aparecem os milagres e as graças alcançadas. Constrói-se uma capelinha, depois uma igreja maior e, finalmente, a grande basílica nacional, dedicada pelo papa João Paulo II em 1980, em sua visita ao Brasil.

Nossa Senhora da Conceição faz parte da devoção do povo brasileiro a Nossa Senhora. Nela, os cristãos contemplam a própria vocação à santidade. A partir do seu santuário, Nossa Senhora da Conceição revela uma mensagem muito rica: Ela é salva das águas; é restaurada; é morena; foi entronizada numa colina como Rainha e Padroeira do Brasil. Dentro da linguagem simbólica, podemos perceber o conteúdo da mensagem. Maria é sinal escatológico de toda a Igreja, de toda a humanidade. Toda a Igreja nasce das águas do batismo por ação do Espírito Santo. Nestas águas ela é purificada e santificada, iniciando sua caminhada para a perfeição da caridade. Maria foi imaculada por privilégio, os cristãos são chamados a serem santos e imaculados pela graça. Assim, através da fé e das águas do batismo, o ser humano é restaurado, readquire sua identidade.

Maria, a Imaculada, manifesta-se em cor morena. Também isso pode ter seu significado. Ela é a mãe de todos, a mãe do povo brasileiro, formado de muitas raças. Todas se confraternizam num mesmo povo. Imitando a Imaculada Conceição e sob a sua proteção, todo o povo brasileiro é enaltecido, tornando-se um povo sacerdotal, real e profético. Ele alcança o alto de sua realização.

As leituras realçam a mensagem da mediação de Maria na figura de Ester (cf. 1ª leitura, Est 5, 1b-2; 7 ,2b-31) e na solicitude de Maria nas bodas de Caná (cf. Evangelho, Jo 2, 1-11). Na 2ª leitura, Maria é apresentada como grandioso sinal que apareceu no céu, ameaçada, mas não tragada pelas águas de um rio. A mulher foi socorrida pela terra (cf. Ap 12, 1-5. 13a. 15-16a).

Salvos das águas pela fé e pelo batismo, os cristãos podem atingir algo daquilo que contemplam em Maria, a Imaculada, se seguirem o seu conselho: Fazei tudo o que ele vos disser.

A Oração coleta traduz bem o mistério celebrado: Ó Deus todo-poderoso, ao rendermos culto à Imaculada Conceição de Maria, Mãe de Deus e Senhora nossa, concedei que o povo brasileiro, fiel à sua vocação e vivendo na paz e na justiça, possa chegar um dia à pátria definitiva.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!