Apoiadores do Pocket Terço
Terço com imagens no Youtube
Reze os Mistérios Dolorosos com imagens
Abstinência de carne

Memória Facultativa

Nossa Senhora de Fátima

Antífona de entrada

Vós nos resgatastes, Senhor, pelo vosso sangue, de todas as raças, línguas, povos e nações e fizestes de nós um reino e sacerdotes para o nosso Deus, aleluia! (Ap 5, 9-10)
Redemísti nos, Dómine, in sánguine tuo, ex omni tribu, et lingua, et pópulo, et natióne: et fecísti nos Deo nostro regnum. Allelúia, allelúia. Ps. Misericoódias Dómini in aetérnum cantábo: in generatiónem et generatiónem annuntiábo veritátem tuam in ore meo. (Apc. 5, 9-10; Ps. 88)
Vernáculo:
Vós nos resgatastes, Senhor, pelo vosso sangue, de todas as raças, línguas, povos e nações e fizestes de nós um reino e sacerdotes para o nosso Deus, aleluia! (Cf. MR: Ap 5, 9-10) Sl. Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! (Cf. LH: Sl 88, 2)

Oração do dia

Deus, a quem devemos a liberdade e a salvação, fazei que possamos viver por vossa graça e encontrar em vós a felicidade eterna pois nos remistes com o sangue do vosso Filho. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (At 13, 26-33)


Leitura dos Atos dos Apóstolos


Naqueles dias, tendo chegado a Antioquia da Pisídia, Paulo disse na sinagoga: 26“Irmãos, descendentes de Abraão, e todos vós que temeis a Deus, a nós foi enviada esta mensagem de salvação. 27Os habitantes de Jerusalém e seus chefes não reconheceram a Jesus e, ao condená-lo, cumpriram as profecias que se leem todos os sábados. 28Embora não encontrassem nenhum motivo para a sua condenação, pediram a Pilatos que fosse morto. 29Depois de realizarem tudo o que a Escritura diz a respeito de Jesus, eles o tiraram da cruz e o colocaram num túmulo. 30Mas Deus o ressuscitou dos mortos 31e, durante muitos dias, ele foi visto por aqueles que o acompanharam desde a Galileia até Jerusalém. Agora eles são testemunhas de Jesus diante do povo.

32Por isso, nós vos anunciamos este Evangelho: a promessa que Deus fez aos antepassados, 33ele a cumpriu para nós, seus filhos, quando ressuscitou Jesus, como está escrito no salmo segundo: ʽTu és o meu filho, eu hoje te gereiʼ”.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Salmo Responsorial (Sl 2)


℟. Tu és meu Filho, e eu hoje te gerei!


— “Fui eu mesmo que escolhi este meu Rei e em Sião, meu monte santo, o consagrei!” O decreto do Senhor promulgarei, foi assim que me falou o Senhor Deus: “Tu és meu Filho, e eu hoje te gerei!” ℟.

— Podes pedir-me, e em resposta eu te darei por tua herança os povos todos e as nações, e há de ser a terra inteira o teu domínio. Com cetro férreo haverás de dominá-los, e quebrá-los como um vaso de argila! ℟.

— E agora, poderosos, entendei; soberanos, aprendei esta lição: Com temor servi a Deus, rendei-lhe glória e prestai-lhe homenagem com respeito! ℟.


https://youtu.be/fR4hbAEM5Uw
℟. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
℣. Sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. (Jo 14, 6) ℟.

Evangelho (Jo 14, 1-6)


℣. O Senhor esteja convosco.

℟. Ele está no meio de nós.


℣. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo João 

℟. Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 1“Não se perturbe o vosso coração. Tendes fé em Deus, tende fé em mim também. 2Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fosse, eu vos teria dito. Vou preparar um lugar para vós, 3e quando eu tiver ido preparar-vos um lugar, voltarei e vos levarei comigo, a fim de que onde eu estiver estejais também vós. 4E para onde eu vou, vós conheceis o caminho”.

5Tomé disse a Jesus: “Senhor, nós não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” 6Jesus respondeu: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Antífona do Ofertório

Deus, Deus meus, ad te de luce vígilo: et in nómine tuo levábo manus meas, allelúia. (Ps. 62, 2. 5)


Vernáculo:
Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! Desde a aurora ansioso vos busco! Quero, pois, vos louvar pela vida, e elevar para vós minhas mãos! (Cf. LH: Sl 62, 2. 5)

Sobre as Oferendas

Acolhei, ó Deus, com bondade, as oferendas da vossa família, e concedei-nos, com o auxílio da vossa proteção, sem perder o que nos destes, alcançarmos os bens eternos. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

O Cristo Senhor foi entregue por nossos pecados, e ressuscitou para nossa justificação, aleluia! (Rm 4, 25)
Cantáte Dómino, allelúia: cantáte Dómino, benedícite nomen eius: bene nuntiáte de die in diem salutáre eius, allelúia, allelúia. (Ps. 95, 2; ℣. Ps. 95, 1. 3. 4. 7-8a. 8b-9a. 11-12a)
Vernáculo:
Cantai ao Senhor Deus, aleluia. Cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome! Dia após dia anunciai sua salvação, aleluia, aleluia. (Cf. LH: Sl 95, 2)

Depois da Comunhão

Guardai, ó Deus, no vosso constante amor, aqueles que salvastes, para que, redimidos pela paixão do vosso Filho, nos alegremos por sua ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 13/05/2022
O Cristo quer ser gerado em nós

O Pai quer que o seu Filho muito amado, gerado em nós pela graça, cresça em nosso coração cada dia mais, até a idade perfeita e plena maturidade.

A pergunta que o Apóstolo S. Tomé faz hoje a Cristo: “Senhor, não sabemos para onde vais. Como poderíamos, então, conhecer o caminho?”, dá-lhe a oportunidade de explicitar que a sua precedência com relação aos homens não é apenas de honra, mas também de eternidade: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”. Jesus nos precede, com efeito, não só por ter subido antes ao Pai, a fim de preparar-nos uma morada ao seu lado, mas ainda por ser, conforme os desígnios eternos de Deus, o único caminho que os homens, de todos os tempos e lugares, podem seguir para chegar à bem-aventurança e unir-se à SS. Trindade. É pela humanidade de Cristo, instrumento de salvação, que fomos redimidos, e é através desta mesma humanidade que, nas bodas dos céu, celebraremos nossas núpcias eternas com o Senhor. Não há outro caminho que possamos percorrer para chegar ao Pai, que, embora nos tenha criado sem a nossa ajuda, não quer salvar-nos sem a nossa cooperação e, portanto, inserção no Corpo de seu Filho, que é a Igreja, mediante o Batismo, o vínculo da fé e a observância dos Mandamentos. Que Ele nos conceda pois a graça de, imitando as virtudes do S. Coração de Jesus, sermos configurados plenamente à imagem de seu Filho muito amado, a quem seja dada toda honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém.

Deus abençoe você!

Seja um apoiador!
Ajude-nos a manter o Pocket Terço: pocketterco.com.br/ajude

Homilia Diária | Uma devoção para tempos dramáticos (Memória de Nossa Senhora de Fátima)

No dia 13 de maio de 1917, aconteceu a primeira aparição de Nossa Senhora a três pastorinhos na Cova da Iria, em Fátima, Portugal. Nas aparições seguintes, Nossa Senhora mostrou àquelas humildes crianças uma visão terrível: o Inferno, no qual milhares de almas pecadoras precipitavam-se como brasas numa fornalha inextinguível. Mas a Virgem também mostrou-lhes o caminho para a salvação das almas: a devoção ao seu Imaculado Coração, que, longe de ser um “ato mágico”, é na verdade uma escola de conversão e transformação interior.Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta sexta-feira, dia 13 de maio, e aprendamos com a Virgem Santíssima como transformar o nosso coração, tornando-o semelhante ao dela.


https://youtu.be/OKarMB5KZ7M

Santo do dia 13/05/2022


Nossa Senhora de Fátima (Memória Facultativa)
Local: Fátima, Portugal
Data: 13 de Maio † 1917


No dia 5 de maio de 1917, durante a primeira guerra mundial, o papa Bento XV convidou os católicos do mundo inteiro a se unirem em uma cruzada de orações para obter a paz com a intercessão de Nossa Senhora. Oito dias depois a Beatíssima Virgem dava aos homens a sua resposta, aparecendo a 13 de maio a três pastorinhos portugueses, Lúcia de 10 anos, Francisco de 9 e Jacinta de 7.

A Senhora marcou com eles um encontro naquele mesmo lugar, lugar espaçoso e descampado denominado Cova da Iria, para o dia 13 de todo mês. Lúcia, a maiorzinha, recomendou aos priminhos a não contarem nada em casa. Mas Jacinta não soube guardar o segredo e no dia 13 de junho, os três pastorinhos não estavam mais sozinhos no encontro.

No dia 13 de julho Lúcia hesitou em ir ao encontro, porque os pais a haviam maltratado, mas depois se deixou convencer por Jacinta e foi precisamente durante a terceira aparição que Nossa Senhora prometeu um milagre para que o povo acreditasse na história das três crianças. A 13 de agosto os três videntes, fechados no cárcere, não puderam ir à Cova da Iria.

A 13 de outubro, último encontro, setenta mil pessoas lotavam o lugar das aparições e foram testemunhas do milagre anunciado: o sol parecia mover-se medrosamente, como se estivesse para destacar-se do firmamento, crescendo entre as chamas multicores. Nossa Senhora, em momentos sucessivos, ia aumentando os prodígios para persuadir a favor da sua mensagem, para dar a sua resposta que empenha todos os cristãos: “Rezem o terço todos os dias; rezem muito e façam sacrifícios pelos pecadores; são muitos os que vão para o inferno por não haver quem se preocupe em rezar e fazer sacrifícios por eles… A guerra logo acabará, mas se não pararem de ofender ao Senhor, não passará muito tempo para vir outra pior. Abandonem o pecado de suas próprias vidas e procurem eliminá-lo da vida dos outros, colaborando com a Redenção do Salvador”.

Ao constatar-se o fato da segunda guerra mundial, os cristãos lembraram-se da mensagem de Fátima. Em 1946, na presença do cardeal legado, no meio de uma multidão de oitocentas mil pessoas, houve a coroação da estátua de Nossa Senhora de Fátima. Em 1951, Pio XII estabeleceu que o encerramento do Ano santo fosse celebrado no santuário de Fátima.

A 13 de maio de 1967, pelo 50º aniversário das aparições de Nossa Senhora, o papa Paulo VI chegou a Fátima, onde o aguardava, juntamente com um milhão de peregrinos, que haviam passado a noite ao relento, Lúcia, a vidente Lúcia.

Referência:
SGARBOSSA, Mario; GIOVANNI, Luigi. Um santo para cada dia. São Paulo: Paulus, 1983. 397 p. Tradução de: Onofre Ribeiro. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!