Primeira Leitura (1Tm 1,1-2.12-14)


Início da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo.

1Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, por ordem de Deus, nosso Salvador, e de Cristo Jesus, nossa esperança, 2a Timóteo, verdadeiro filho na fé: a graça, a misericórdia e a paz de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor.

12Agradeço àquele que me deu força, Cristo Jesus, nosso Senhor, pela confiança que teve em mim ao designar-me para o seu serviço, 13a mim, que antes blasfemava, perseguia e insultava. Mas encontrei misericórdia, porque agia com a ignorância de quem não tem fé. 14Transbordou a graça de nosso Senhor com a fé e o amor que há em Cristo Jesus.


— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Responsório (Sl 15)


— O Senhor é a porção da minha herança!

— O Senhor é a porção da minha herança!

— Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: “Somente vós sois meu Senhor. Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, meu destino está seguro em vossas mãos!”

— Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, pois se o tenho a meu lado não vacilo.

— Vós me ensinais vosso caminho para a vida; junto a vós, felicidade sem limites, delícia eterna e alegria ao vosso lado!


Evangelho (Lc 6,39-42)


— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 39Jesus contou uma parábola aos discípulos: “Pode um cego guiar outro cego? Não cairão os dois num buraco? 40Um discípulo não é maior do que o mestre; todo discípulo bem formado será como o mestre. 41Por que vês tu o cisco no olho do teu irmão, e não percebes a trave que há no teu próprio olho?

42Como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tu não vês a trave no teu próprio olho? Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho, e então poderás enxergar bem para tirar o cisco do olho do teu irmão”.


— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Homilia: Quem quer seguir Jesus precisa se enxergar primeiro

“Por que vês tu o cisco no olho do teu irmão, e não percebes a trave que há no teu próprio olho? Como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tu não vês a trave no teu próprio olho? Hipócrita!” (Lucas 6,41-42).

Eu começo com essa afirmação final de Jesus, porque é uma hipocrisia muito grande ver o defeito do outro, o problema e o mal do outro, mas não se enxergar. Muitas vezes, não nos enxergamos, e se enxergamos, é muito mal! 

Os nossos olhos se alargam para comentar a vida dos outros, para falar da vida dos outros, para criticar o problema dos outros, para entender que o problema sempre é o outro. A visão diminui e se torna ofuscada quando é para enxergar o que realmente somos, porque temos aquela imagem distorcida, achamos que somos referencial de bondade, de verdade; e se temos defeitos, procuramos amenizá-lo, escondê-lo, não o ver com profundidade.

Gastamos horas, se for preciso, para falar mal do defeito dos outros, para conversar sobre a vida dos outros, mas nos enxergamos muito mal, e aí está o princípio da hipocrisia, aí está aquilo que é mais condenado por Jesus na espiritualidade de quem O segue.

Quem quer seguir Jesus precisa, primeiro, se enxergar, reparar em si mesmo, porque, se está reclamando da sujeira do outro, mas não está vendo a própria sujeira, não estamos nos purificando.


É uma hipocrisia muito grande ver o defeito do outro, o problema e o mal do outro, mas não se enxergar

A hipocrisia é uma patologia, e das patologias espirituais, ela se torna a mais agravante e preocupante de todas, porque com ela não enxergamos o que precisamos, de verdade, enxergar. Com a hipocrisia, não somos capazes de nos voltar para nós, mas estamos sempre incomodados, chateados e com o pé atrás por causa do outro. E o outro se torna incomodo para nós, torna-se objeto da nossa preocupação, dos nossos pensamentos, daquilo que está em nós.

Quando algo do irmão causa preocupação, eu volto para aquele velho ditado: “Eu coloco minha barba de molho”. Coloco-me no chão em oração e digo: “Senhor, ajuda-me a enxergar, a ver o que não estou vendo, a reparar dentro de mim o que eu preciso consertar”.

A graça que Deus tem me dado é, a cada dia mais, tomar consciência dos meus limites, das minhas fraquezas, daquilo que, dentro de mim, não está bem, mas que preciso rever e consertar. Isso faz de mim uma pessoa mais misericordiosa, isso não me permite parar para ficar julgando o pecado das pessoas nem condenando o mundo.

Todo mal que vemos em alguém é para nós uma provocação para nos revermos, para que nos olhemos no espelho não com o retrovisor, mas com a visão da frente que nos permite enxergar do jeito que somos. 

Não me conheço como preciso ser conhecido, por isso a graça que peço, todos os dias, é: “Senhor, por favor, ajuda-me a me conhecer mais, a me cuidar mais, a reparar mais em mim os males dessa vida que ainda não reparei”.

Que Deus nos dê a graça de tirar as traves que estão em nós, para sabermos ter mais misericórdia para ver o cisco no olho do próximo.

Deus abençoe você!

Pe. Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
Facebook/padrerogeramigo
Seja um apoiador do Pocket Terço: apoia.se/pocketterco


Memória de São João Crisóstomo, Bispo e Doutor
Hoje, a Igreja celebra a memória de São João Crisóstomo, Padre da Igreja, Bispo e Patriarca de Constantinopla, conhecido não só pela beleza singular e a firmeza inigualável de seus sermões, com os quais angariou a antipatia de muitos poderosos, mas também pela caridade paciente com que suportou, sempre disposto a perdoar, inúmeros revezes, perseguições, injustiças e maus tratos. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta sexta-feira, 13 de setembro, e que Deus nos conceda, por intercessão de São João Crisóstomo, a graça de conservarmos íntegro e puro, até o fim da vida, o dom da nossa santa fé católica e apostólica.



Santo do Dia:

São João Crisóstomo - Doutor da Igreja

Doutor da Igreja, Boca de Ouro, Alma de Anjo e Coração de Pai. É o santo que celebramos neste dia: São João Crisóstomo. Nascido de família distinta, em Antioquia no ano 348. Depois da morte do pai, sua jovem mãe tratou de providenciar os melhores professores deste amado menino.

João nasceu com alma monástica, tanto que, por duas vezes passou anos no silêncio do deserto; por causa da precária saúde voltou da vivência religiosa mais retirada e em Antioquia foi ordenado sacerdote. Famoso devido ao seu dom de comunicar a Palavra de Deus, Crisóstomo não demorou a abraçar a cruz do governo pastoral da diocese de Constantinopla, já que o imperador fez de tudo para isto.

Ao perceber a má formação do clero, entregue à ambição e à avareza, o santo começou a exigir vida de pobreza e simplicidade evangélica daqueles que precisavam ser exemplo para o rebanho.

Devido aos naturais atritos com o clero e fervorosas pregações contra o luxo e imoralidades da vida social, São João teve problema com a imperatriz Eudóxia, que começou o movimento causador dos seus dois exílios, sendo que no último, os sofrimentos da longa viagem e os maus tratos foram mortais! Amado pelo povo e respeitado por todos, São João Crisóstomo morreu em 407 e deixou, além do belo testemunho dos dez anos de pontificado, suas últimas palavras as quais resumiram sua vida: “Glória seja dada a Deus em tudo!”.

São João Crisóstomo, rogai por nós!