Apoiadores do Pocket Terço
Terço com imagens no Youtube
Reze os Mistérios Gozosos com imagens

Antífona de entrada

Minhas palavras que coloquei em tua boca, diz o Senhor, não se afastarão jamais de teus lábios; e tuas oferendas serão aceitas em meu altar. (Is 59, 21; 56, 7)
Sacerdótes tui, Dómine, índuant iustítiam, et sancti tui exsúltent: propter David servum tuum, non avértas fáciem Christi tui. Ps. Meménto Dómine David: et omnis mansuetúdinis eius. (Ps. 131, 9. 10 et 1)
Vernáculo:
Que se vistam de alegria os vossos santos, e os vossos sacerdotes, de justiça! Por causa de Davi, o vosso servo, não afasteis do vosso Ungido a vossa face! Sl. Recordai-vos, ó Senhor, do rei Davi e de quanto vos foi ele dedicado. (Cf. LH: Sl 131, 9. 10 e 1)

Oração do dia

Ó Deus, pelos dois irmãos Cirilo e Metódio, levastes a luz do Evangelho aos povos eslavos; dai-nos acolher no coração a vossa Palavra e fazei de nós um povo unido na verdadeira fé e no fiel testemunho do Evangelho. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira Leitura (Tg 1, 1-11)


Início da Carta de São Tiago

1Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que vivem na dispersão: saudações. 2Meus irmãos, quando deveis passar por diversas provações, considerai isso motivo de grande alegria, 3por saberdes que a comprovação da fé produz em vós a perseverança. 4Mas é preciso que a perseverança gere uma obra de perfeição, para que vos torneis perfeitos e íntegros, sem falta ou deficiência alguma.

5Se a alguém de vós falta sabedoria, peça-a a Deus, que a concede generosamente a todos, sem impor condições; e ela lhe será dada. 6Mas peça com fé, sem duvidar, porque aquele que duvida é semelhante a uma onda do mar, impelida e agitada pelo vento. 7Não pense tal pessoa que receberá alguma coisa do Senhor: 8o homem de duas almas é inconstante em todos os seus caminhos. 9O irmão humilde pode ufanar-se de sua exaltação, 10mas o rico deve gloriar-se de sua humilhação. Pois há de passar como a flor da erva. 11Com efeito, basta que surja o sol com o seu calor, logo seca a erva, cai a sua flor, e desaparece a beleza do seu aspecto. Assim também acabará por murchar o rico no meio de seus negócios.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.


Salmo Responsorial (Sl 118)


℟. Venha a mim o vosso amor e viverei.


— Antes de ser por vós provado, eu me perdera; mas agora sigo firme em vossa lei! ℟.

— Porque sois bom e realizais somente o bem, ensinai-me a fazer vossa vontade! ℟.

— Para mim foi muito bom ser humilhado, porque assim eu aprendi vossa vontade! ℟.

— A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata. ℟.

— Sei que os vossos julgamentos são corretos, e com justiça me provastes, ó Senhor! ℟.

— Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes. ℟.


https://youtu.be/rRuDMc8BqjQ
℟. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
℣. Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai, senão por mim. (Jo 14, 6) ℟.

Evangelho (Mc 8, 11-13)


℣. O Senhor esteja convosco.

℟. Ele está no meio de nós.


℣. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Marcos 

℟. Glória a vós, Senhor.


Naquele tempo, 11os fariseus vieram e começaram a discutir com Jesus. E, para pô-lo à prova, pediam-lhe um sinal do céu. 12Mas Jesus deu um suspiro profundo e disse: “Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal”. 13E, deixando-os, Jesus entrou de novo na barca e se dirigiu para a outra margem.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.


Antífona do Ofertório

Populum húmilem salvum fácies, Dómine, et óculos superbórum humiliábis: quóniam quis Deus praeter te, Dómine? (Ps. 17, 28. 32)


Vernáculo:
Pois salvais, ó Senhor Deus, o povo humilde, mas os olhos dos soberbos humilhais. Quem é deus além de Deus nosso Senhor? (Cf. LH: Sl 17, 28. 32)

Sobre as Oferendas

Dignai-vos, ó Deus todo-poderoso, impregnar com as bênçãos celestes estas oferendas de vosso povo, que vos apresentamos na festa de são Cirilo e são Metódio. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

O Filho do Homem veio dar a sua vida para a salvação de todos. (Mc 10, 45)
Quod dico vobis in ténebris, dícite in lúmine, dicit Dóminus: et quod in aure audítis, praedicáte super tecta. (Mt. 10, 27; ℣. Ps. 125, 1. 2ab. 2cd. 3. 4. 5. 6ab. 6cd.)
Vernáculo:
O que vos digo no escuro, dizei-o à luz do dia; o que vos é sussurrado ao ouvido, proclamai-o sobre os telhados! (Cf. Bíblia CNBB: Mt 10, 27)

Depois da Comunhão

Alegrando-nos na festa de são Cirilo e são Metódio, recebemos, ó Pai, o penhor da salvação; fazei que ele nos ajude na vida presente e nos conduza à vida eterna. Por Cristo, nosso Senhor.

Homilia do dia 14/02/2022
Quando Deus nega seus sinais

“Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal”.

Após passar um tempo fora da Terra Santa, Jesus retorna hoje ao seu país e, logo após desembarcar, topa-se outra vez com a petulância dos fariseus. Lembremos como, em sua incursão pelo Líbano, pelo Jordão e pela Síria, na região da Decápole, Ele suscitara em seus discípulos e nos que vinham vê-lo de todas as partes mais profundos sentimentos de fé, humildade e confiança. Em contraste com a simplicidade da mulher siro-fenícia, que apesar de ser estranha ao povo escolhido tinha mais fé do que muitos em Israel, vemos hoje a incredulidade dos fariseus, que, apenas o veem chegar, vão logo pedir a Cristo sinais, milagres e provas cabais do que Ele afirma de si mesmo. Enfastiado, o Senhor dá um suspiro profundo e diz: “Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal”, porque Deus não se revela a ponto de obrigar invencivelmente a nossa inteligência, senão que deixa sempre, em suas manifestações, espaço o bastante para que possamos dar com plena liberdade o passo da fé. Do contrário, que mérito haveria em crer? Se, com efeito, víssemos a Deus face a face, tal como o veremos no céu, se Ele assim quiser, não poderíamos não querê-lo, não poderíamos não ser atraídos, como por um ímã irresistível, pela sua beleza, pela sua bondade, pela sua sabedoria. E se Ele nos criou como criaturas livres, é com a nossa liberdade que Ele quer ser buscado e amado. Revelando-se em aspectos aqui e ali, a esta ou àquela altura da história humana, Ele nos deixa entrever um pouco da sua grandeza, para que não nos cansemos de o buscar. Do mesmo modo, Cristo manifesta com sinais claros e suficientes à inteligência de todos a sua origem divina, mas sem nos obrigar nem tirar o mérito da nossa adesão livre e pessoal a Ele. É também por isso que, depois de realizar grandes obras, o Senhor proíbe seus seguidores de as divulgarem por aí, porque o que Ele deseja é que o povo o procure e encontre, não com o interesse mesquinho de conseguir alguma benesse, mas com a intenção reta e pura de quem, já movido pela graça, irá se abrir efetivamente ao dom da fé. Que, ao olhar para os nossos corações, Cristo não se encha da mesma tristeza que teve ao contemplar a pobreza de espírito dos fariseus, incapazes de crer por causa da soberba. Que, ao contrário, Ele faça jorrar em nossas almas uma fonte límpida de fé e humildade, que nos permita dizer todos os dias: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”.

Deus abençoe você!

Seja um apoiador!
Ajude-nos a manter o Pocket Terço: pocketterco.com.br/ajude

Homilia Diária | Convertei todos os povos! (Memória de São Cirilo e São Metódio)

Hoje celebramos a memória de São Cirilo e Metódio, dois grandes missionários dos povos eslavos. Com suas vidas, ambos testemunharam a realidade da Igreja plenamente católica, unida entre Oriente e Ocidente e profundamente missionária, levando a verdade do Evangelho a todas as nações.Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta segunda-feira, dia 14 de fevereiro, e meditemos juntos sobre a catolicidade e missionariedade da Igreja, tão relativizadas nestes tempos em que impera o indiferentismo religioso.


https://youtu.be/9UfyRLPcbgs

Santo do dia 14/02/2022


São Cirilo e São Metódio (Memória)
Local: Roma, Itália; Velehrad, República Checa
Data: 14 de Fevereiro † 869; † 885


Cirilo e Metódio, nascidos na Grécia no início do século IX, receberam sólida formação. Metódio, mais velho, seguiu a carreira militar. Chegou a ser governador da província da Macedônia inferior, onde se estabeleciam os eslavos. Cirilo estudou em Constantinopla, capital do Império Bizantino. Tornou-se sacerdote e monge, seguido por Metódio.

Sua ação missionária teve início quando o príncipe da Morávia enviou uma embaixada a Constantinopla, solicitando missionários para a conversão dos povos eslavos. Cirilo e Metódio, que tinham aprendido a língua eslava, foram os designados para tal missão.

Os dois irmãos foram os Apóstolos dos eslavos. O mais importante é captar o que distinguiu sua ação missionária apostólica ou missionária. Em primeiro lugar a grande sensibilidade para com os valores culturais do povo. Criaram o alfabeto eslavo e traduziram para essa língua a Sagrada Escritura e os textos da liturgia latina, para abrir aos novos povos os tesouros da Palavra de Deus e dos sacramentos. Por esta missão apostólica suportaram provações e sofrimentos de toda parte. Mas tiveram a aprovação e apoio do Papa em sua missão.

Eles se distinguiram na Igreja como pastores e missionários. Promoveram a inculturação do Evangelho e da Liturgia na cultura do povo a ser evangelizado. Além disso, foram um elo entre a Igreja latina e a Igreja oriental.

A Oração coleta expressa bem o carisma dos irmãos Cirilo e Metódio: Ó Deus, pelos dois irmãos Cirilo e Metódio, levastes a luz do Evangelho aos povos eslavos; dai-nos acolher no coração a vossa Palavra e fazei de nós um povo unido na verdadeira fé e no fiel testemunho do Evangelho.

Os dois irmãos se apresentam como exemplos para toda a Igreja e cada Comunidade de fé: Levar a luz do Evangelho; acolher a Palavra de Deus; ser um povo unido na fé e no fiel testemunho do Evangelho.

Referência:
BECKHÄUSER, Frei Alberto. Os Santos na Liturgia: testemunhas de Cristo. Petrópolis: Vozes, 2013. 391 p. Adaptações: Equipe Pocket Terço.

São Cirilo e São Metódio, rogai por nós!